Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Monteiro desafia favorito em má fase na estreia
24/09/2020 às 14h15

Paris (França) - O cearense Thiago Monteiro não se deu muito bem no sorteio da chave de Roland Garros, que aconteceu nesta quinta-feira, e terá um cabeça de chave pela frente logo na estreia, desafiando o georgiano Nikoloz Basilashvili. Porém, o número 1 do Brasil pode contar com o inferno astral do 31º pré-classificado na competição.

Atual 33 do mundo, o tenista de 28 anos não vive um bom momento dentro das quadras e muito menos fora delas. Basilashvili ainda não conseguiu vencer uma partida sequer desde o retorno do circuito, sendo eliminado nas estreias em Cincinnati, US Open, Kitzbuhel, Roma e Hamburgo, não conseguindo vencer um set sequer nas cinco partidas que disputou.

Se não bastasse a falta de resultados, o georgiano ainda tem que se defender de uma acusação de agressão à ex-esposa Neli Dorokashvili, que surgiu durante a paralisação dos torneios. Enquanto o julgamento não acontece, o atleta de 28 anos aguarda em liberdade após pagar fiança de 100 mil laris (cerca de R$ 165 mil).

Caso consiga aproveitar o péssimo momento do rival, Monteiro terá como adversário na segunda fase o vencedor do duelo entre o norte-americano Marcos Giron e o convidado da casa Quentin Halys, podendo então sonhar com uma vaga na terceira rodada, quando aí então deverá ter um páreo duríssimo pela frente: o russo Daniil Medevdev.

Embora seja o cabeça de chave 4, Medvedev tenta lutar contra um péssimo retrospecto no saibro, piso sobre o qual tem aproveitamento inferior a 40%, contra 60% na grama e quase 70% no sintético. O russo não tem uma estreia das mais fáceis contra o húngaro Marton Fucsovics e depois cruza com o vencedor da partida entre o francês Adrian Mannarino e o espanhol Albert Ramos.

Comentários