Notícias | Dia a dia
Nadal pode rever Thiem em RG desta vez na semi
24/09/2020 às 13h58

Paris (França) - Doze vezes campeão de Roland Garros, o espanhol Rafael Nadal conheceu nesta quinta-feira seu primeiro adversário na competição. Ele estreará contra o bielorrusso Egor Gerasimov, de 27 anos e atual 83 do mundo, e poderá reeditar a final dos dois últimos anos uma rodada mais cedo desta vez, já que o austríaco Dominic Thiem caiu do seu lado da chave no sorteio.

A caminhada do espanhol não deverá ter problemas nas três primeiras rodadas, em que os principais obstáculos podem ser o japonês Kei Nishikori ou o britânico Daniel Evans, 32º favorito. A partir das oitavas a coisa começa a engrossar para o atual vice-líder da ATP, quando tem tudo para cruzar com o italiano Fabio Fognini, um dos poucos com múltiplas vitórias sobre Nadal no saibro.

Djoko tem Bautista, Medvedev e Tsitsipas na chave

Nas quartas de final, o atual vice-campeão do US Open, o alemão Alexander Zverev, é um dos mais cotados para encarar Rafa. Porém, o quadrante do germânico, cabeça de chave 6 em Roland Garros, tem nomes perigosos como o do australiano Alex de Minaur, do francês Benoit Paire e o do belga David Goffin, que tem uma estreia complicada contra o promissor italiano Jannik Sinner.

Caso confirme o favoritismo e vá até a semi, aí Nadal poderá repetir a final de 2019 e 2018 com Thiem, que chega para a disputa em Paris mais confiante após vencer seu primeiro Grand Slam. Terceiro pré-classificado, ele terá uma estreia trabalhosa contra o croata Marin Cilic, outro que também já levantou a taça do US Open.

Thiem tem tudo para chegar bem na terceira rodada, precisando então abrir o olho com a possibilidade de encarar o norueguês Casper Ruud, que vem em bom momento. Nas oitavas o páreo promete ser duríssimo, podendo encarar rivais do calibre de Felix Auger-Aliassime, Andy Murray e Stan Wawrinka, sendo que os dois últimos farão uma interessantíssima partida de primeira rodada.

Se chegar nas quartas, o austríaco tem como principal candidato a rival nesta fase o argentino Diego Schwartzman, que vem do vice-campeonato no Masters 1000 de Roma, onde derrubou Nadal. Outros que estão no quadrante do ‘hermano’ e podem tentar desafiar Thiem são o croata Borna Coric, o francês Gael Monfils e o norte-americano Taylor Fritz.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva