Notícias | Dia a dia
Invicta há 14 jogos, Halep diz não sentir pressão
21/09/2020 às 17h38

Halep venceu os últimos três torneios que disputou e está sem perder desde janeiro

Foto: Giampiero Sposito

Roma (Itália) - Campeã do WTA Premier 5 de Roma nesta segunda-feira, Simona Halep acumula uma série invicta de 14 jogos, com três títulos seguidos. Nesse ano atípico, as conquistas foram bem espaçadas. Ela também foi campeã em Dubai, ainda em fevereiro, e em Praga no início de agosto. Sua última derrota foi em janeiro, na semifinal do Australian Open. Ela agora parte para Roland Garros, que começa no próximo domingo.

"Não vou colocar pressão sobre mim mesma. Joguei muito bem este ano, com três títulos já, fiz muitas partidas no saibro, e então me sinto confiante e feliz por ter a chance de jogar outro Grand Slam. Não vou me deixar ser incomodada por coisas como o clima. Ficarei feliz em tirar os pontos positivos deste torneio e ir para lá sorrindo", disse Halep, que tem um título e dois vice-campeonatos em Roland Garros.

+ Halep vê Pliskova abandonar e leva o título de Roma
+ Mais madura, Halep quer título inédito em Roma
+ Halep vence batalha com Muguruza e volta à final

"É um sonho para todas nós ganhar o torneio Grand Slam, mas não estou pensando tão longe. Só quero ir até lá, me acostumar com as quadras e o ambiente, e tentar vencer todas as partidas. Cada jogo é uma batalha, então estarei pronta para isso", acrescentou a experiente jogadora de 28 anos.

O título em Roma foi um alívio para Halep, que havia perdido duas finais seguidas para Elina Svitolina em 2017 e 2018. "Eu finalmente ganhei! Adoro este torneio e jogo bem aqui em quase todos os anos. Exceto no ano passado, é claro", comenta a romena, que foi eliminada na estreia na última temporada. "Comecei a subir no ranking neste torneio em 2013, por isso sempre sonhei em ter este título. Estou mesmo feliz que isso aconteceu hoje".

A final de Roma deste ano durou apenas 32 minutos. Halep vencia a disputa por 6/0 e 2/1 contra Karolina Pliskova quando a tcheca abandonou a disputa por uma lesão na coxa esquerda. Naquele momento do jogo, a romena já havia quebrado cinco vezes o saque da adversária. Além disso, Halep chegou a fazer 8 a 0 em winners no set inicial, terminando o jogo com 9 contra 5 de Pliskova. A romena cometeu apenas 5 erros diante de 16 da rival.

"Não é o fim do torneio que você deseja, mas eu me senti incrível no primeiro set e estava muito confiante de que, mesmo se continuássemos jogando, eu teria chances de vencer. Claro, eu sinto muito por ela porque sofreu uma lesão e isso nunca é fácil. Ainda assim, este troféu é meu agora", comenta após o jogo contra a atual campeã do torneio.

"Lembro-me da partida que jogamos em Shenzhen no ano passado. Eu estava liderando, mas aproveitei. Fiz algumas jogadas erradas lá. Hoje eu precisava ser rápida e não dar tempo para ela jogar porque tem golpes muito poderosos. Eu fiz isso muito bem. Hoje, senti que meu jogo estava 100% nas minhas mãos", complementou a vencedora de 22 títulos no circuito.

Halep também fez questão de enaltecer o grande desempenho de Pliskova em Roma nos últimos anos. "Ela tem um saque forte, seu forehand e backhand são inacreditáveis. Ela tem todos os golpes, e as quadras aqui são talvez um pouco mais rápidas do que outras quadras de saibro. Então é por isso que ela ganhou no ano passado e estava jogando tão bem".

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva