Notícias | Dia a dia
Schwartzman pode se tornar 3º mais baixo top 10
21/09/2020 às 00h40

Djokovic, de 1,88m, é a última barreira que separa Schwartzman de atingir top 10 do ranking

Foto: Arquivo
José Nilton Dalcim

O argentino Diego Schwartzman, conhecido como 'El Peque' por sua baixa estatura, pode se tornar nesta segunda-feira o terceiro tenista de menor estatura a atingir o top 10 do ranking mundial. Para isso, ele terá de derrotar Novak Djokovic e conquistar um inédito troféu de Masters 1000. A final de Roma começa às 12h (de Brasília).

Os dois mais baixos tenistas profissionais a atingir o top 5 do ranking foram norte-americanos: Harold Solomon, com 1,68m, ocupou o quinto posto em 1980, mesma posição que Eddie Dibbs, de 1,70m, alcançou em 1978. Schwartzman oficialmente mede também 1,70m - embora haja controvérsias - e já ocupou o 11º lugar anteriormente.

Além deles, apenas mais três tenistas com no máximo 1,70m já figuraram entre os 25 mais bem classificados, desde que o ranking foi criado em 1973: o peruano Jaime Yzaga apareceu no 18º e o indiano Ramesh Krishnan, no 23º, ambos com 1,70m, e o belga Olivier Rochus atingiu o 24º posto, com 1,68m.

Segundo dados oficias da ATP solicitados por TenisBrasil, o profissional de mais baixa estatura a figurar no top 50 até hoje foi o espanhol Angel Gimenez, de 1,63m. Ele foi 41º da lista em 1978.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva