Notícias | Dia a dia
Mais madura, Halep quer título inédito em Roma
20/09/2020 às 17h05

Halep está com 28 anos e já perdeu duas finais em Roma

Foto: Adelchi Fioriti

Roma (Itália) - Superada nas finais do WTA Premier 5 de Roma em 2017 e 2018, Simona Halep está de volta à decisão do importante torneio no saibro italiano. Atualmente com 28 anos, a número 2 do mundo se sente mais madura e pronta para conquistar um título inédito. Ela enfrentará a tcheca Karolina Pliskova, quarta colocada, a partir das 9h30 (de Brasília) desta segunda-feira.

"Mentalmente estou um pouco melhor que nos últimos anos, mas será um jogo duro. Mas agora estou mais madura. Então espero estar melhor amanhã e vencer", disse Halep em sua entrevista coletiva depois de vencer a espanhola Garbiñe Muguruza na semifinal.

A romena ainda brincou com o fato de ter perdido duas finais para Elina Svitolina em Roma. "Graças a Deus eu não vou jogar com a Svitolina, porque já perdi duas vezes para ela aqui. Quero muito ganhar este título, mas é sempre difícil", acrescentou a vencedora de 21 torneios no circuito.

A respeito da difícil vitória sobre Muguruza, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/4 em 2h17, a romena destacou espírito de luta da rival. Afinal, Halep chegou a liderar o segundo set por 4/2 e o terceiro por 4/0. Nas duas vezes, a espanhola conseguiu se manter focada no jogo e ainda usou algumas variações táticas com sucesso.

"Ela é uma grande jogadora, campeã de Grand Slam, e que sabe jogar nesse nível. Acho que ela é uma das melhores do mundo, mesmo que não esteja hoje no top 10. É sempre difícil jogar contra ela", explicou Halep, que tem agora três vitórias e quatro derrotas contra Muguruza no circuito. A espanhola já foi número 1 do mundo, mas hoje ocupa o 17º lugar.

"Sei que tive muitas chances de talvez fechar o jogo um pouco mais rápido, mas, como vimos, ela não desiste. Mérito dela de ter lutado até o fim. Estou feliz por ter sido um pouco mais forte e mais agressiva quando precisava ser", comenta a romena, que terminou o jogo com 21 winners e 22 erros não-forçados. Muguruza anotou 35 bolas vencedoras e cometeu 37 erros.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva