Notícias | Dia a dia
Halep vence batalha com Muguruza e volta à final
20/09/2020 às 09h37

Halep disputa a final de Roma pela terceira vez e tenta um título inédito

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - Pela terceira vez em sua carreira, Simona Halep vai disputar a final do WTA Premier 5 de Roma. A romena de 28 anos e número 2 do mundo segue em busca de um título inédito nas quadras de saibro do Foro Itálico. Halep venceu neste domingo um duelo de ex-líderes do ranking contra a espanhola Garbiñe Muguruza, atual 17ª colocada, por 6/3, 4/6 e 6/4 em 2h17 de partida.

Esta foi a terceira vitória de Halep em sete partidas contra Muguruza no circuito. Sua próxima rival virá do duelo tcheco entre a número 4 do mundo Karolina Pliskova e a canhota de 21 anos e 19ª colocada Marketa Vondrousova. A romena tem 7 a 4 no histórico contra Pliskova e perdeu os dois jogos que fez contra Vondrousova, um deles na segunda rodada de Roma no ano passado.

As duas finais que Halep perdeu em Roma aconteceram em 2017 e 2018. Em ambas as ocasiões, o título ficou com a ucraniana Elina Svitolina. Vencedora de 21 títulos no circuito, dois deles este ano, ela disputará a 39ª final da carreira.

Halep também está invicta há 13 jogos em uma temporada bastante comprometida pela pandemia da Covid-19. Ainda em fevereiro, ela foi campeã em Dubai, no último do torneio que disputou antes da paralisação do circuito que durou quase cinco meses. A romena voltou às quadras no início de agosto e venceu o WTA de Praga, mas logo depois anunciou que não jogaria o US Open. Já em Roma, venceu quatro partidas sem perder sets.

Romena jogou bem do fundo, espanhola trouxe variações
Em uma partida com alguns altos e baixos, Muguruza liderou a estatística de winners por 35 a 21, mas cometeu 37 erros não-forçados contra apenas 22 de Halep. A romena conseguiu nove quebras de serviço em 18 oportunidades, enquanto a espanhola quebrou sete vezes em 15 break points.

Halep fez um ótimo primeiro set e apresentava soluções para tudo o que Muguruza tentava fazer. A romena fazia um jogo bem consistente do fundo da quadra e sabia mudar bem direção da bola, fazendo a transição da defesa para o ataque. Assim, ela conseguiu salvar break points em um game longo que enfrentou no começo do jogo e também abriu a boa vantagem por 5/1.

Muguruza chegou a devolver uma das quebras, mas voltaria a perder o saque logo depois. Halep fez apenas 7 winners contra 10 de sua adversária, mas também cometeu menos erros não-forçados, 9 contra 13. A espanhola, então, solicitou atendimento fora da quadra, sinalizando um desconforto na região lombar.

O segundo set foi o melhor da partida em termos técnicos. Muguruza conseguia se defender muito bem e passou a utilizar alguns slices para quebrar o ritmo da romena. A estratégia rendeu pontos importantes, incluindo um ótimo winner pegando a bola na corrida. Halep chegou a ter quebra de vantagem e liderar por 4/2, mas a espanhola conseguiu reagir e venceu quatro games seguidos na reta final do set. Muguruza fez 14 a 6 em winners no set, com 13 erros contra 8.

No terceiro set, Halep abriu boa vantagem no início e fez 4/0. Mas novamente Muguruza conseguiu se manter competitiva no jogo apresentando algumas variações. Usando slices e drop shots, a espanhola atrapalhava a ideia da romena de fazer um jogo consistente do fundo de quadra. Halep sacou duas vezes para o jogo e não conseguiu fechar, mas depois voltou a quebrar o serviço de sua adversária para finalmente definir a disputa.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva