Notícias | Dia a dia
Shapovalov faz semi e fica bem perto do top 10
19/09/2020 às 16h57

Shapovalov só não entra no top 10 se Schwartzman ganhar o torneio

Foto: Divulgação

Roma (Itália) - O canadense Denis Shapovalov está cada vez mais perto de entrar no top 10 do ranking. Depois de chegar às quartas de final do US Open e fazer seu melhor resultado em Grand Slam, o jovem jogador de 21 anos e 14º do ranking está na semifinal do Masters 1000 de Roma. Shapovalov venceu neste sábado o búlgaro Grigor Dimitrov por 6/2, 3/6 e 6/2 em 1h50 de partida. O resultado também foi especial porque o canadense chegou a 100 vitórias no circuito da ATP. 

Com os resultados de momento no Masters italiano, Shapovalov só não entra no top 10 se o argentino Diego Schwartzman for campeão do torneio. Schwartzman é o adversário do eneacampeão Rafael Nadal nas quartas e teria também que vencer o próprio Shapovalov na semi e uma final contra Novak Djokovic ou Casper Ruud.

Esta foi a primeira vez que Shapovalov conseguiu vencer Dimitrov, após duas derrotas nos duelos anteriores. Ele já tem uma vitória contra Rafael Nadal, conquistada no Masters 1000 de Montréal em 2017, mas o espanhol lidera o histórico por 2 a 1. O canhoto canadense ainda não enfrentou Schwartzman no circuito profissional. 

Ainda muito jovem, Shapovalov tem somente um título de ATP, conquistado no fim do ano passado em Estocolmo. Ele tenta repetir o melhor resultado da carreira em um Masters 1000. Na última temporada, o canadense foi finalista nas quadras duras e cobertas de Paris.

Canadense sacou muito bem no 1º e no 3º set
Shapovalov sacou muito bem no primeiro set contra Dimitrov e cedeu apenas cinco pontos em seus games de serviço. Além de não enfrentar break points, ele conseguiu quebrar duas vezes o saque do búlgaro.

O canadense teve chances de quebrar no início do segundo set, mas Dimitrov saiu na frente ao aproveitar seu primeiro break point para fazer 3/1. O jovem de 21 anos até buscou o empate, mas voltaria a perder o saque pouco depois. No set decisivo, Shapovalov quebrou mais duas vezes e só perdeu quatro pontos no saque.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva