Notícias | Dia a dia
Em jogo de pontos longos, Nadal vence e faz quartas
18/09/2020 às 15h42

Nadal enfrenta Schwartzman nas quartas de final de Roma

Foto: Peter Staples/ATP Tour

Roma (Itália) - Em seu segundo compromisso no Masters 1000 de Roma, Rafael Nadal se mostrou bastante adaptado às condições do torneio italiano e garantiu seu lugar nas quartas de final. Nove vezes campeão do torneio, o número 2 do mundo marcou as parciais de 6/1 e 6/3 contra os sérvio Dusan Lajovic, 25º do ranking, em 1h30 de partida.

O torneio na capital italiana é o primeiro que Nadal disputa desde fevereiro, quando foi campeão do ATP 500 de Acapulco. O espanhol preferiu não jogar o US Open em razão da pandemia da Covid-19 e também para intensificar sua preparação para a temporada de saibro. Um dos seus objetivos o 13º título de Roland Garros e o histórico vigésimo Grand Slam. As competições em Paris começam daqui a dois domingos, em 27 de setembro.

O próximo jogo de Nadal será neste sábado contra o argentino Diego Schwartzman, que derrotou o polonês Hubert Hurkacz por 3/6, 6/2 e 6/4. O espanhol venceu todos os nove jogos que fez contra Schwartzman, número 15 do mundo, com direito a quatro vitórias no saibro. 

Espanhol não precisa defender 3 mil pontos
Número 2 do mundo e já com 34 anos, Nadal não precisa se preocupar com defesa de pontos nesta temporada de saibro. Ele vai manter os mil pontos de Roma e os 2 mil de Roland Garros, independente de quais forem suas campanhas nos torneios.

Isso porque a ATP modificou o cálculo do ranking nesta temporada. São considerados os 18 melhores resultados em 22 meses, entre março de 2019 e dezembro de 2020. Como esse período compreende duas edições de Roma e Roland Garros, apenas as melhores campanhas são mantidas e as piores são descartadas.

Ralis mais longos marcaram a partida
Apesar da diferença no placar, Nadal teve que trabalhar muito em quadra por conta da grande quantidade de pontos longos. O espanhol colocou 62% de primeiros serviços em quadra e teve que trabalhar com o segundo serviço em onze oportunidades. Isso acabou atrapalhando seus planos de aproveitar as condições um pouco mais rápidas da quadra deste ano, em comparação com as edições passadas, para mandar mais cedo nos pontos.

Nadal aproveitou sua primeira chance de quebra na partida para abrir 2/0. O número 2 do mundo perdeu o saque no game seguinte, mas recuperou rapidamente a vantagem para abrir 3/1, pressionando constantemente o saque do adversário. No fim do set, tentou ser um pouco mais agressivo, jogando mais perto da linha de base, e conseguiu mais uma quebra. No fim do set, Lajovic tinha 7 a 6 em winners.

O segundo set começou com boa vantagem para Nadal. Ele confirmou seus dois primeiros games de saque com tranquilidade e conseguiu duas novas quebras em games bastante parelhos para abrir 4/0. Lajovic chegou a reduzir a vantagem para 4/3, mas a diferença estabelecida pelo espanhol foi suficientemente confortável para vencer o jogo em sets diretos.

Nadal terminou o jogo com 17 winners e 17 erros, enquanto Lajovic anotou 12 bolas vencedoras e cometeu 23 erros. A partida teve 18 ralis com mais de nove trocas de bola e o espanhol venceu 11 desses pontos. Nos pontos entre cinco e nove trocas, ele também teve vantagem e fez 19 a 16. O maior domínio foi nos pontos mais curtos, 32 a 17 para o número 2 do mundo.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG