Notícias | Dia a dia
Djokovic sofre no 1º set, mas se garante nas quartas
18/09/2020 às 12h42

Roma (Itália) - A sexta-feira não foi de grande inspiração para o sérvio Novak Djokovic, que só mostrou lampejos do grande jogador que é. Mesmo assim, isso foi o suficiente para bater o compatriota Filip Krajinovic em sets diretos, com parciais de 7/6 (9-7) e 6/3, em 2h09 de confronto, e se classificar para as quartas de final do Masters 1000 de Roma.

O próximo obstáculo no caminho de Novak será o vencedor da partida entre a sensação do torneio, o convidado da casa Lorenzo Musetti, e o alemão Dominik Koepfer, que veio do quali e já eliminou o australiano Alex de Minaur e o francês Gael Monfils.

Mais inconsistente do que de costume, o sérvio terminou a partida com 32 winners e 33 erros. Foram 10 os pontos conquistados em 12 subidas à rede. Ele ainda devolveu 87% dos serviços adversários e acertou 65% de seu primeiro saque, com 70% desses pontos vencidos.

Desde o primeiro game Djokovic mostrou que não estava em um grande dia, tanto que começou a partida sendo quebrado. Ele devolveu imediatamente o break, mas depois não conseguiu deslanchar. Muito irregular, o número 1 do mundo fez alguns bons lances, mas errou mais do que o costume e teve que definir a parcial no tiebreak.

Krajinovic começou bem no desempate, venceu os três primeiros pontos da disputa e chegou a sacar em 4-1 para encaminhar a vitória no set. Só que então ele perdeu os quatro pontos seguintes e viu o compatriota reagir. Mais experiente, ‘Nole’ elevou um pouco o nível na hora do aperto e no terceiro set-point que teve fez 1 a 0 no marcador.

Com a vantagem, Djokovic entrou no segundo set com mais folga. A resistência de Krajinovic também diminuiu e o número 29 do mundo não teve mais chances na partida. Uma quebra no terceiro game deixou o líder do ranking mais perto da vitória, que veio com mais um break no nono e último game.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva