Notícias | Dia a dia
Toni vê Rafa favorito em RG mesmo em ano atípico
15/09/2020 às 16h46

Paris (França) - Embora seja o maior campeão da história de Roland Garros com suas 12 taças, o espanhol Rafael Nadal teve seu favoritismo no torneio, de certa forma, colocado à prova pelo próprio tio Toni Nadal por causa paralisação forçada pela pandemia do coronavírus. Ainda assim, o treinador acredita que o sobrinho mesmo com longo período de inatividade seja o principal candidato ao título.

“O último torneio de Rafa foi em Acapulco, já se passaram sete meses e será complicado. De qualquer forma, espero que possa vencer de novo. Mas se não conseguir, então que se prepare para o ano que vem”, afirmou o tio e ex-treinador de Nadal em conversa com a ex-tenista profissional eslovaca Daniela Hantuchova.

“Este ano será difícil jogar bem porque os tenistas não estão 100% concentrados no tênis por causa do que está acontecendo no mundo com o coronavírus”, comentou Toni.

Atual número 2 do mundo, Nadal optou por não voltar a competir nos torneios norte-americanos e ficou de fora do US Open. Nesta semana ele terá seu primeiro teste desde o retorno ao circuito no Masters 1000 de Roma, estreando na quarta-feira contra o compatriota Pablo Carreño, que chega embalado após fazer semifinal em Flushing Meadows.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva