Notícias | Dia a dia
Osaka pula para o 3º lugar e Azarenka volta ao top 20
14/09/2020 às 10h32

Miami (EUA) - As finalistas do US Open foram as jogadoras que mais ganharam terreno entre as que estão no topo do ranking da WTA. Campeã em Flushing Meadows, a japonesa Naomi Osaka ganhou seis colocações e agora só está atrás da número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty, e da romena Simona Halep.

Já a vice-campeã Victoria Azarenka se encontra um pouco mais abaixo. Ex-líder do ranking, a bielorrussa de 31 anos recuperou 13 colocações com a campanha no Grand Slam norte-americano e voltou ao top 20, aparecendo agora na 14ª colocação. Ela não figurava nesta faixa de ranking desde a primeira semana de março de 2017, quando era a 17ª do mundo.

Se aproximando do top 20 está a norte-americana Jennifer Brady, que foi até as semifinais no US Open e assim disparou 16 posições no ranking, indo até o 25º lugar, o melhor da carreira até então. Sua compatriota Shelby Rogers, que parou nas quartas, teve a maior arrancada do top 100, ganhou 38 colocações e agora é a 55ª melhor da WTA.

Destaque também para a mamãe romena Patricia Maria Tig, que venceu só um jogo no Slam nova-iorquino, mas depois seguiu para o saibro de Istambul e lá conquistou seu primeiro WTA. Com o título, ela teve uma bela arrancada de 30 lugares e chegou até o 58º posto, o mais alto da carreira.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva