Notícias | Dia a dia
Algoz de Nishikori, sérvio comemora seu primeiro ATP
13/09/2020 às 12h57

Kitzbuhel (Áustria) - Responsável pela eliminação do japonês Kei Nishikori logo na primeira rodada do ATP 250 de Kitzbuhel, o sérvio Miomir Kecmanovic embalou na competição e neste domingo comemorou seu primeiro título neste nível. Na final ele bateu o quali alemão Yannick Hanfmann em sets diretos, com duplo 6/4 anotado em 1h17 de confronto.

Esta era a segunda final do sérvio de 21 anos, que no ano passado foi vice na grama do ATP de Antalya. Com a conquista desta semana, Kecmoanovic ganhará três colocações no ranking e assumirá o 44º posto na próxima segunda, sua melhor marca da carreira. O vice Hanfmann subirá do 118º lugar para o 105º.

“No ano passado foi uma porcaria quando não consegui vencer a final. Definitivamente, tenho muito mais experiência desde então e isso significa tudo para ser capaz de ganhar um título”, disse Kecmanovic, quarto jogador a conquistar sua primeira taça de ATP neste ano. Ele se junta a Ugo Humbert, Casper Ruud e ao paranaense Thiago Wild.

Kecmanovic começou com tudo na final, jogando bem do fundo da quadra e forçando seu rival a tentar encurtar pontos. O tenista de 21 anos contou com alguns erros do alemão e conseguiu dois grandes revezes nos momentos importantes para estabelecer vencer o primeiro set por 6/4 e abrir 2/0 no segundo.

A reação germânica veio com uma quebra de volta no quarto game, mas acabou parando por aí. Isso porque Hanfmann voltou a perder o saque no sétimo game. Com uma quebra de vantagem novamente, bastou ao sérvio administrar o placar até o final, fechando o jogo no segundo match-point que teve.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio