Notícias | Dia a dia | US Open
Azarenka: 'Acho que agora aproveitei muito mais'
11/09/2020 às 13h47

Azarenka bateu Serena pela primeira vez no US Open e tenta agora título inédito

Foto: sim

Nova York (EUA) - De volta a uma final de Grand Slam, a bielorrussa Victoria Azarenka não decidia um título deste porte há exatos sete anos, quando ficou com o vice-campeonato do US Open, superada pela norte-americana Serena Williams, que desta vez foi sua vítima nas semifinais da edição de 2020 do torneio nova-iorquino.

Após a virada para cima de Serena, com parciais de 1/6, 6/3 e 6/3, a bielorrussa disse estar muito emocionada com a campanha e explicou o que fez para se recuperar na partida contra a norte-americana. “Sabia que precisava melhorar meu jogo e tinha que fazer isso muito rapidamente. No início, foram poucos os ralis e ela sacou muito bem”, comentou Azarenka.

“Estava me sentindo meio deslocada, não conseguia me encontrar nos serviços e meu segundo saque estava me matando. Precisava ser mais agressiva, intensa e jogar com um pouco mais de inteligência, abrindo mais a quadra com minhas bolas”, analisou a bielorrussa de 31 anos.

Vika comparou sua caminhada para essa final com a de 2013. “Em um nível mental, estou em um lugar totalmente diferente. Há sete anos havia acabado de vencer o Australian Open, estava jogando excepcionalmente bem, com bons resultados e esperava de alguma forma chegar na final. Acho que agora aproveitei muito melhor minha campanha, que foi muito mais agradável”.

Ocupando atualmente a 27ª colocação, a bielorrussa garantiu que estava confiante desde o retorno do circuito. “Minha crença em mim mesma vem de antes de jogar Lexington ou Cincinnati, desde o treinamento. Vinha pensando em como melhorar meu nível, como ficar mentalmente estável. Agora encontrei toda a serenidade interior que preciso”, observou Azarenka.

Na final de sábado, a adversária será a japonesa Naomi Osaka, que perdeu para Azarenka na primeira vez que se enfrentaram, mas venceu os dois jogos seguintes. “Com certeza será uma ótima partida. Vai ser uma final incrível contra ela, espero que seja divertido também. Osaka é uma jogadora muito poderosa e uma grande campeã que já conquistou dois Slams. Vamos ambas brigar pelo terceiro”, finalizou a bicampeã do Australian Open.

Comentários