Notícias | Dia a dia | US Open
Medvedev: 'Ombro incomodou, mas terminei 100%'
10/09/2020 às 08h54

Medvedev minimizou desclassificação de Djokovic alegando que o sérvio estava do outro lado da chave

Foto: Peter Staples/USTA

Nova York (EUA) - Atual vice-campeão do US Open, o russo Daniil Medvedev está a um passo de ao menos igualar a campanha da temporada passada. Nesta quarta-feira ele superou o compatriota Andrey Rublev em sets diretos e se classificou para as semifinais do torneio sem perder sets. Embora tenha pedido atendimento no ombro durante o jogo, ele garante que está muito bem para a sequência.

“Só me senti um pouco cansado no final do terceiro set porque a partida foi muito física. Meu ombro começou a doer um pouco, mas chamei o fisioterapeuta e ele o tratou. Eu também sentia cólicas, mas a massagem que me fez ajudou. No final, terminei 100%”, afirmou o atual número 5 do mundo, que também destacou o bom nível físico dos demais jogadores na competição.

“Não sei como estão se sentindo após as partidas, mas acho que o tênis que vêm apresentando é de bom nível para partidas de cinco sets. Todos lutam até o fim. Tive a sorte de fechar todas as minhas partidas para três sets, algo que me ajuda muito para o restante do torneio”, comentou o terceiro favorito em Flushing Meadows.

Seu próximo rival será o austríaco Dominic Thiem, que teve ainda menos trabalho para bater o australiano Alex de Minaur em sets diretos. Será a quarta vez que eles se cruzam no circuito, com uma vitória e duas derrotas para o russo. “Dominic é muito agressivo, bate muito bem o forehand, soltando o golpe com bastante potência”, comentou Medvedev.

Questionado sobre a ausência de Novak Djokovic, após a desclassificação do sérvio, Medvedev disse que pouco impactou em sua campanha no US Open. “Novak nem estava do meu lado na chave e para enfrentá-lo precisava chegar à final. Se eu chegar lá e Djokovic não estiver, poderei então dizer que terei mais chances do que se estivesse, mas eu ainda tenho as semifinais para jogar”, finalizou.

Comentários