Notícias | Dia a dia | US Open
Azarenka vence a 10ª seguida e desafia Serena na semi
09/09/2020 às 21h37

Azarenka tem quatro vitórias contra Serena, todas elas em finais de campeonato

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - O momento espetacular de Victoria Azarenka no circuito teve continuidade nesta quarta-feira, quando ela marcou sua décima vitória consecutiva na temporada. Campeã do Premier de Cincinnati, há menos de duas semanas, Azarenka manteve o embalo no US Open e chega à semifinal da competição. A ex-número 1 do mundo despachou a belga Elise Mertens, 18ª do ranking, por 6/1 e 6/0 em apenas 1h13 de partida.

Azarenka volta a uma semifinal de Grand Slam depois de sete anos. A última havia sido na campanha para seu segundo vice-campeonato no US Open em 2013. As duas finais que ela perdeu em Nova York foram para Serena Williams. Ela terá a oportunidade de revanche contra a mesma Serena na semifinal desta quinta-feira. Serena e Azarenka já se enfrentaram 22 vezes, com 18 vitórias para a norte-americana.

+ Serena garante estar pronta para mais jogos longos
+ Primeiro título após ser mãe é especial para Azarenka
+ Circuito profissional tem 12 jogadoras que já são mães

Todos os triunfos de Azarenka contra Serena aconteceram em finais de campeonato. A primeira foi em 2009 em Miami, quando a bielorrussa tinha apenas 19 anos. Outros dois triunfos vieram em 2013, nas finais de Doha e Cincinnati. Por último, ela derrotou Serena na final de Indian Wells em 2016. Foi também em Indian Wells que elas se enfrentaram pela última vez, em 8 de março do ano passado, com uma difícil vitória da norte-americana ainda na rodada de estreia.

Aos 31 anos, Azarenka aparece atualmente na 27ª posição do ranking da WTA. Ela já venceu dois títulos do Australian Open em 2012 e 2013 e disputará sua oitava semifinal de Slam. A campanha deste ano em Nova York é a melhor desde o nascimento do filho Leo, em dezembro de 2016. Serena, por sua vez, tem 23 títulos de Slam e busca o primeiro troféu deste porte desde que se tornou mãe de Alexis Olympia, em setembro de 2017.

Mertens não conseguiu confirmar o saque
O amplo domínio de Azarenka na partida das quartas de final já ficou exposto com uma quebra logo no game de abertura, com direito a um winner de devolução. Mertens, que já fez uma semifinal de Australian Open e vinha de vitória sobre a número 4 do mundo Sofia Kenin, sequer confirmou o saque na partida contra a bielorrussa. Azarenka criou onze break points na partida e conseguiu seis quebras.

Reconhecida como uma das melhores devolvedoras do circuito, especialmente no período em que lutava pela liderança do ranking, a bielorrussa entrava na quadra e vinha mandando nos pontos. A experiente jogadora de 31 anos também não parecia dar sinais de desgaste pela sequência de jogos e fazia um jogo muito firme do fundo de quadra, cometendo pouquíssimos erros não-forçados. Foram 21 winners e 11 erros não-forçados para Azarenka. Mertens anotou 17 bolas vencedoras e errou 22 vezes.

Comentários