Notícias | Outros
Tenistas embarcam para jogar torneio na França
09/09/2020 às 16h23

Oscar Gutierrez, Orlando Luz, Pedro Sakamoto, o técnico Duda Matos e Guilherme Clezar

Foto: Divulgação

São Paulo (SP) – O tênis brasileiro terá mais representantes no circuito internacional. Nesta quarta-feira, quatro atletas profissionais embarcam para a Europa para retomar o calendário de competições. Guilherme Clezar (nº 271 da ATP), Pedro Sakamoto (301º), Orlando Luz (307º) e Oscar Gutierrez (386º) viajam com destino à França, onde disputarão o ITF de Plaisir, com premiação de U$ 25 mil.

Os quatro jogadores contam com o apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) que, graças à parceria com a Federação Francesa de Tênis, conseguiu viabilizar a entrada dos tenistas no país europeu. A entidade ainda irá custear a passagem aérea dos jogadores, assim como a do técnico Duda Matos, que acompanha a delegação. Todos apresentaram resultados negativos para Covid antes do embarque.

"É uma satisfação muito grande poder ratificar essa simbiose entre Confederação e atletas por meio de ações práticas, oferecendo suporte total e integral para que eles possam viajar e voltar a competir. E isso se faz não só por meio da parceria institucional, viabilizando a questão legal do acesso à Europa, mas também com o apoio logístico com as passagens aéreas, entre outras ações. Isso demonstra que a gestão da CBT vem sempre priorizando os atletas e os melhores caminhos e práticas para que eles tenham as melhores condições de participar do circuito", destaca Rafael Westrupp, presidente da CBT.

Para os jogadores, esse é um importante momento. Depois de passarem os últimos meses em treinamento, agora eles estão ansiosos para retornarem às competições internacionais em busca de novos objetivos."Estou muito feliz por essa oportunidade de voltar a competir, e por isso agradeço bastante à CBT. Essa parceria com a Federação Francesa é muito positiva para nós. A expectativa por voltar a competir é grande. Acredito que vai levar um tempo para me acostumar com este novo normal, mas vou para fazer o meu melhor para colocar em prática o que venho treinando e tentar bons resultados em simples e em duplas", destaca Orlando Luz, que durante o período de isolamento social foi um dos tenistas que também contou com o apoio da CBT para treinar em Itajaí (SC), onde a entidade mantém um centro em parceria com o Itamirim Clube de Campo e a ADK Tennis.

"O foco principal é manter o melhor nível de competitividade possível, pois nunca sabemos como vai ser a volta às competições oficiais. Porém, venho me sentindo bem em quadra e é sempre bom viajar com esse feeling. Queria agradecer ao Instituto Tennis Route, que sempre me apoia, e à Confederação Brasileira de Tênis e à Federação Francesa de Tênis por darem apoio nesse retorno aos torneios", completa Pedro Sakamoto.

Com a presença dos quatro tenistas de volta ao circuito, o Brasil tem a maioria dos principais atletas em atividade. Depois do US Open, Thiago Monteiro e Thiago Wild, números 1 e 2 do Brasil, viajaram para a Europa, onde também estão João Menezes, Thomaz Bellucci e Felipe Meligeni.

Em agosto, a CBT promoveu a ida de quatro tenistas para o Velho Continente, dentro do projeto "Missão Europa" do COB. Participaram do centro de treinamento Beatriz Haddad Maia, Carolina Meligeni, João Menezes e Thomaz Bellucci. O período de aclimatação surtiu efeito e Beatriz Haddad Maia foi campeã do ITF de Montemor-O-Novo no último fim de semana, no seu primeiro torneio após mais de um ano longe das quadras.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva