Notícias | Dia a dia | US Open
Djokovic precisa de tempo, afirma ex-guru do sérvio
08/09/2020 às 14h19

Madri (Espanha) - Figura controversa no passado de Novak Djokovic, o ex-guru do sérvio Pepe Imaz, conhecido por seguir uma metodologia espiritual baseada na meditação, comentou sobre a desclassificação do número 1 do mundo. Em entrevista ao programa do Stringer da Cadena Ser, ele pediu tempo para que o antigo pupilo possa refletir.

“Eu estava assistindo ao jogo e comecei a me preocupar. Ouvi um som e não vi a imagem. A sensação era de sufocamento porque não sabia o que estava acontecendo na quadra. Quando você finalmente vê o que aconteceu nota que é algo que pode ser causado pelo nervosismo ou a tensão”, comentou o ex-guru de Djokovic.

Imaz defende que os tenistas, como qualquer outra pessoa, podem se descontrolar quando estão muito pressionados. “Djokovic sentiu a pressão de estar muito perto de conseguir se aproximar dos recordes de seus dois rivais máximos, que são Rafa (Nadal) e Roger (Federer), que sequer foram jogar o torneio em Nova York”, analisou o espanhol.

“Quer queira ou não, pesa, e se você não está focado em si mesmo esse tipo de coisa pode acontecer. Vimos três ou quatro pontos antes que Nole não estava nada confortável na quadra e seu rosto estava furioso. Ele quer vencer e se sentir perto de algo que sempre sonhou e que estava perto dele, acho que isso o fez cometer esse erro”, observou Imaz

O ex-guru aposta que essa situação vai ajudar muito Djokovic no futuro. “É bom que Nole sinta o apoio do povo e veja que as pessoas estão ao seu lado mais do que nunca. Ele foi o responsável pelo ato e terá que lidar com isso. O melhor que podemos fazer agora é mostrar que estamos ao seu lado se ele precisar de algo”, finalizou.

Comentários