Notícias | Dia a dia | US Open
Medvedev: 'Meu objetivo é sempre ser campeão'
08/09/2020 às 11h59

Medvedev é agora o principal favorito ao título do US Open para as casas de apostas

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) - Atual vice-campeão do US Open, o russo Daniil Medvedev já era um dos mais bem cotados ao título deste ano. Com a desclassificação do sérvio Novak Djokovic passou a ser o principal favorito nas casas de apostas. A conquista no ano passado e o novo panorama da competição, sem o número 1 do mundo, parecem não fazer muito efeito na mentalidade do cabeça de chave número 3.

“Não penso no que aconteceu no ano passado. Todos os torneios que disputo, seja ATP 250 ou Grand Slam, encaro jogo a jogo. Meu objetivo é sempre ser campeão, mas não quero ficar obcecado por isso. Quando acaba o torneio é quando paro para analisar o que fiz e o que tenho que melhorar com base no que conquistei. Se você ganhar o torneio é ótimo, mas se perder tem que fazer uma autocrítica”, comentou Medvedev.

Mesmo com uma firme vitória com parciais de 6/4, 6/1 e 6/0 sobre o norte-americano Frances Tiafoe, o russo não se mostrou totalmente contente com o que fez em quadra. “As coisas estão indo bem para mim em termos de resultados, mas acho que poderia servir melhor. Minha porcentagem de primeiro saque caiu consideravelmente em um ponto do jogo. No tênis não há perfeição e sempre há algo que você pode melhorar”, observou.

“Estou me sentindo muito bem fisicamente e sem cansaço. Normalmente quando você chega nas oitavas começa a sentir um pouco o cansaço, mas não aconteceu desta vez”, acrescentou Medvedev, que terá pela frente um duelo 100% russo com o compatriota Andrey Rublev. Será a terceira vez que eles medirão forças, com vitórias do atual número 5 em todos os embates anteriores.

“Rublev e eu somos muito diferentes, eu jogo um pouco mais no contra-ataque e tento colocar meu adversário em apuros e ele não se importa muito com seu adversário, foca mais no que pode fazer. Obviamente temos algumas coisas em comum como a competitividade. Estou muito feliz em ver que ambos estamos nas quartas de final de um Grand Slam e vamos nos enfrentar por uma vaga nas semifinais e certamente seria uma partida muito especial”, comentou Medvedev.

Comentários