Notícias | Dia a dia | US Open
Azarenka volta às quartas após 5 anos, Kenin cai
07/09/2020 às 23h57

Azarenka não chegava tão longe no US Open desde 2015 e busca sua oitava semi de Slam

Foto: Peter Staples/USTA

Nova York (EUA) - Em ótimo momento no circuito, Victoria Azarenka está de volta às quartas de final do US Open. A ex-número 1 do mundo já foi finalista do Grand Slam duas vezes, em 2012 e 2013, e não chegava às quartas desde 2015. Azarenka venceu nesta segunda-feira a tcheca Karolina Muchova, 26ª do ranking, por 5/7, 6/1 e 6/3 em 2h31 de partida.

Bicampeã do Australian Open e ex-número 1 do mundo, Azarenka ocupa atualmente o 27º lugar do ranking. A experiente jogadora de 31 anos vem de nove vitórias seguidas no circuito, já que foi campeã do Premier de Cincinnati pouco antes do US Open. O torneio preparatório, aliás, foi transferido para Nova York este ano e disputado no mesmo complexo Billie Jean King.

+ Primeiro título após ser mãe é especial para Azarenka
+ Pironkova vence e terá 'duelo de mães' com Serena
+ Circuito profissional tem 12 jogadoras que já são mães


Azarenka não chegava tão longe em um Grand Slam desde o Australian Open de 2016. Ela tenta alcançar a oitava semifinal de Slam da carreira. Esta é também a melhor campanha da bielorrussa em torneios deste porte desde o nascimento do filho Leo, em dezembro de 2016. Outras duas jogadoras nas quartas também são mães, Serena Williams e Tsvetana Pironkova. Esta é a primeira vez que três mães chegam às quartas de um Slam.

Físico comprometeu desempenho de Muchova
O jogo das oitavas começou complicado para Azarenka, que teve o serviço quebrado duas vezes por Muchova. A jovem tcheca de 24 anos tentava usar de suas variações táticas para tentar quebrar um pouco o bom ritmo de Azarenka do fundo de quadra. Muchova chegou a liderar o set inicial por 5/3 e sacar para fechar. Vika buscou o empate, mas voltaria a ter o serviço quebrado.

No entanto, o físico comprometeu o desempenho de Muchova. A tcheca precisou de atendimento para a perna esquerda e ficou com a mobilidade reduzida. Sua maior dificuldade era para apoiar a perna depois de sacar. Azarenka conseguiu duas quebras no segundo set e mais duas no terceiro para virar o jogo.

Mertens elimina Kenin nas oitavas

A adversária de Azarenka nas quartas é a belga Elise Mertens, 18ª do ranking, que fará um confronto inédito diante da bielorrussa. Mertens conseguiu uma expressiva vitória contra a norte-americana Sofia Kenin, número 4 do mundo e segunda cabeça de chave do torneio, por duplo 6/3 em apenas 1h15.

Esta foi a sétima vitória contra top 10 na carreira de Mertens e a primeira na temporada. Na retomada do circuito, a belga de 24 anos fez boas campanhas em Praga e Cincinnati, mas perdeu para Simona Halep e Naomi Osaka. Ela chega às quartas em Nova York pelo segundo ano seguido e busca sua segunda semifinal de Slam, repetindo o que fez no Australian Open de 2018.

Comentários