Notícias | Dia a dia
Roland Garros confirma torneio com público
07/09/2020 às 17h37

As quadras Philippe Chatrier e Suzanne Lenglen vão poder receber até 5 mil torcedores cada uma

Foto: Pauline Ballet/FFT

Paris (França) - A edição de 2020 de Roland Garros, que começa daqui a três semanas, em 27 de setembro, terá público nos estádios. A organização do Grand Slam francês divulgou nesta segunda-feira os protocolos que permitem a presença de torcedores nas três principais quadras do complexo.

Maior estádio em Roland Garros, a quadra Philippe Chatrier vai receber no máximo 5 mil torcedores. Isso dá aproximadamente um terço da capacidade do estádio. Também serão permitidos 5 mil fãs na quadra Suzanne Lenglen, o que representa a metade da ocupação do estádio. Já a recém-inaugurada quadra Simonne Mathieu, utilizada desde o ano passado, poderá receber 1.500 espectadores.

+ Últimas campeãs de RG, Barty e Halep estão na lista
+ Federer e Kyrgios são as principais ausências em RG
+ Roland Garros divulga imagens da quadra iluminada

Os estádios serão divididos em três setores e a torcida só pode circular nas áreas designadas em seus respectivos ingressos. Entretanto, os donos de entradas para a Chatrier e a Lenglen também podem assistir aos jogos das quadras externas. Não haverá venda de ingressos apenas para as quadras menores, algo muito comum nas primeiras rodadas.

No máximo quatro pessoas (do mesmo grupo de compradores) podem se sentar lado a lado nas três principais arenas. Nos demais casos, um assento fica vago para respeitar o distanciamento mínimo. Nas quadras externas não é permitido que duas pessoas ocupem cadeiras vizinhas. O uso de máscaras é obrigatório para maiores de 11 anos e a Federação Francesa de Tênis (FFT) promete reforçar as medidas de higiene e desinfecção dos locais de competição.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva