Notícias | Dia a dia | US Open
Serena afirma continuar jogando pelos Grand Slam
06/09/2020 às 10h59

Serena está a um Slam de igualar o recorde de 24 títulos da australiana Margaret Court

Foto: Simon Bruty/USTA

Nova York (EUA) - Uma das mais veteranas ainda em atividade no circuito, a norte-americana Serena Williams não esconde que a busca por novos títulos de Grand Slam é sua prioridade. Após vencer mais uma no US Open e se classificar para as oitavas de final do torneio, a ex-número 1 do mundo reforçou a importância de brigar por novas conquistas desse nível para seguir atuando.

“Honestamente, todos os torneios dos quais participo são importantes para mim, principalmente os Grand Slams. A verdade é que continuo jogando pelos Slams, pelo menos para continuar me dando a chance de vencê-los”, afirmou Serena, que atualmente tem 23 títulos nos quatro principais torneios do mundo e está a um de igualar o recorde da australiana Margaret Court,

A caçula das irmãs Williams também analisou sua virada para cima da compatriota Sloane Stephens. “O segredo do meu jogo é sempre tentar manter a calma, sabia que era importante continuar tentando. No primeiro set perdi a maioria dos pontos, mas já no segundo sinto que aumentei um pouco o meu desempenho e isso me ajudou a fazer algumas coisas a mais”, comentou.

Questionada sobre a nova associação de jogadores proposta pelo sérvio Novak Djokovic, a norte-americana foi breve. “A verdade é que conversamos um pouco sobre isso um pouco antes do torneio, um dia antes do início dos jogos. Foi uma conversa entre ele e eu, mas no momento estou muito focada neste US Open e não quero pensar em mais nada”, contou Serena.

“Sou muito boa em guardar segredos, então por enquanto prefiro ficar focada nesse objetivo. A conversa ficou entre mim e Novak”, acrescentou a norte-americana, que agora poderá devolver a derrota sofrida nas oitavas de final de Cincinnati ao reencontrar com a grega Maria Sakkari, sua próxima adversária no Grand Slam nova-iorquino.

Comentários