Notícias | Dia a dia | US Open
Thiem se vê crescendo, mas ainda não está 100%
06/09/2020 às 09h37

Thiem venceu Cilic em quatro sets, se classificou para as oitavas e agora vai encarar Aliassime

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - Vice-campeão do Australian Open, o austríaco Dominic Thiem não se deu muito bem em seu primeiro torneio depois da paralisação e caiu na estreia no Masters 1000 de Cincinnati. Contudo, pouco a pouco o número 3 do mundo se vê recobrando o melhor tênis, tanto que se garantiu na segunda semana do US Open ao vencer um importante teste contra o croata Marin Cilic.

“Estou jogando em alto nível, mas ainda não estou 100%. Acho que tenho me sentido melhor com o passar dos jogos e hoje fiz uma grande partida contra um adversário duro como Marin Cilic. É verdade que os dois primeiros sets foram bastante fáceis, mas depois comecei a cometer alguns erros e coloquei meu rival na partida”, analisou Thiem.

“Tive que me acalmar um pouco e voltei a fazer meu jogo para vencer o quarto set e, portanto, alcançar a vitória. Não sei como teria sido se Cilic tivesse conseguiu empatar em dois sets. No geral foi uma boa partida, estou feliz por conseguir a vitória e ir para as oitavas de final”, afirmou o austríaco após anotar parciais de 6/2, 6/2, 3/6 e 6/3 em 2h27 de confronto.

Na próxima rodada o cabeça de chave 2 do US Open medirá forças com o canadense Felix Auger-Aliassime, em duelo inédito pelo circuito. “Eu adoro o tênis do Felix, sempre fico de olho quando um tenista ganha uma grande projeção como a que ele tem agora. É o mesmo com Carlos Alcaraz. Sabemos que esses caras são muito bons e é só questão de tempo até chegarem ao topo”, comentou o austríaco.

“Acho que já aos 16 anos venceu um torneio challenger na França. No ano passado ele fez finais de torneios ATP e também teve bons resultados no Masters 1000 em Indian Wells ou Miami. Aliassime é um grande jogador, mas também tem pontos fracos que espero ter poder de ataque. A única coisa que pode estar faltando é a experiência. Vou ter que fazer o meu melhor para vencer e chegar às quartas de final”, finalizou Thiem.

Comentários