Notícias | Dia a dia | US Open
Thiem tem ótimo início, vê Cilic reagir, mas avança
06/09/2020 às 00h45

Austríaco vai enfrentar Aliassime na próxima rodada e tenta repetir boa campanha de 2018

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - No jogo que encerrou a programação deste sábado pelo US Open e também a terceira rodada do torneio, Dominic Thiem prevaleceu contra Marin Cilic e garantiu seu lugar nas oitavas de final. Segundo cabeça de chave e número 3 do mundo, Thiem foi dominante nos dois primeiros sets, viu o rival crescer no jogo, mas definiu a disputa em quatro sets com parciais de 6/2, 6/2, 3/6 e 6/3 em 2h27 de partida.

Thiem mantém sua invencibilidade nos confrontos contra Cilic no circuito. Ele venceu todos os três duelos que fez contra o croata. Cilic, de 31 anos, já foi número 3 do mundo e campeão do US Open em 2014, mas aparece atualmente apenas no 38º lugar do ranking. A derrota de Cilic também faz com que o único campeão de Slam nas oitavas em Nova York seja o atual número 1 do mundo Novak Djokovic, que tem 17 títulos em torneios deste porte.

O austríaco, que completou 27 anos na última quinta-feira, faz sua sétima participação no US Open e tenta repetir a boa campanha que fez em 2018, quando chegou às quartas de final. Ele ainda persegue seu primeiro Grand Slam, depois de dois vice-campeonatos seguidos em Roland Garros e um no início deste ano, na Austrália.

O próximo jogo de Thiem em Nova York será na segunda-feira contra o canadense Felix Auger-Aliassime, jovem de 20 anos e 21º do ranking. Aliassime já faz sua melhor campanha em Grand Slam, com vitórias sobre Thiago Monteiro, Andy Murray e o jovem francês Corentin Moutet. O canadense busca a terceira vitória contra top 10 na carreira.

Thiem passou dois sets sem enfrentar break points
Logo no game de abertura, Thiem conseguiu sua primeira quebra. Durante o set inicial, o austríaco foi muito firme nos games de saque, cedendo apenas dois pontos ao croata. Além disso, o número 3 do mundo também dominava as ações do fundo de quadra, com muito mais volume de jogo que o croata. Com mais uma quebra, Thiem fechou o set. Nas estatísticas, ele tinha seis winners e dois erros, enquanto Cilic já havia cometido 13 erros não-forçados.

O roteiro do segundo set foi muito parecido, com duas novas quebras a favor de Thiem. Novamente, o austríaco cometeu só dois erros não-forçados e cedeu apenas quatro pontos nos games de serviço. A dinâmica da partida mudou um pouco no início do terceiro set, quando Cilic passou a confirmar seus serviços com mais tranquilidade. A chance apareceu para o croata, que enfim conseguiu uma quebra de serviço para fazer 4/2. Sacando para o set, escapou de dois break points antes de fechar.

O quarto set também foi bastante equilibrado, mas Cilic tem a lamentar as oportunidades perdidas. Assim como na parcial anterior, o croata estava sacando muito bem e foi o primeiro a criar chances de quebra. Mas Thiem escapou dos três break points que enfrentou e, logo depois, quebrou o serviço do adversário. No último game da partida, o austríaco escapou de um 15-40, encaixando uma sequência de ótimos primeiros serviços para vencer o jogo. 

Comentários