Notícias | Dia a dia
Kyrgios mais uma vez dispara contra os saibristas
05/09/2020 às 08h48

Camberra (Austrália) - Mesmo afastado do circuito, esperando melhorar a situação do coronavírus ao redor do mundo, tanto que não se inscreveu também para Roland Garros, o australiano não fica longe das polêmicas. Depois de uma série de cutucadas no sérvio Novak Djokovic, desta vez o seu alvo foi outro, mas um que ele já criticou anteriormente.

Kyrgios voltou a disparar contra os tenistas que se especializam no saibro, um piso que o próprio australiano já cansou de falar mal. O alvo da vez foi o espanhol Pablo Carreño, que na última sexta-feira venceu o lituano Ricardas Berankis e se classificou para as oitavas de final do US Open, desafiando agora o número 1 do mundo Djokovic.

+ Kyrgios: 'Acabem com saibro e convertam em grama'
+ Kyrgios mais uma vez volta a criticar Djokovic

“Se o saibro não existisse, esse cara não teria chegado nem perto do top 10”, escreveu o atual 40 do mundo em sua conta no Twitter. Curiosamente sua mensagem veio para rebater uma defesa de Carreño feita pelo norte-americano Ryan Harrison, incomodado com a abordagem que o jornalista Bem Rothenberg fez para comentar sobre a vitória do espanhol.

“Semifinalista do US Open em 2017 (sim, isso aconteceu), Pablo Carreño está nas oitavas de final após bater Berankis por 6/4, 6/3 e 6/2”, escreveu o jornalista, que foi repreendido por Harrison. “Então um cara que foi top 10 do mundo, jogou o Finals e fez semi de Grand Slam merece esse comentário sarcástico? Engraçado sua visão, Ben”, escreveu o tenista norte-americano.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva