Notícias | Dia a dia | US Open
Kvitova avança em Nova York, Osaka conhece rival
04/09/2020 às 23h58

Kvitova encara a norte-americana Shelby Rogers em busca de um lugar nas quartas

Foto: Darren Carroll/USTA

Nova York (EUA) - Bicampeã de Wimbledon e em busca de um título inédito no US Open, Petra Kvitova chega sem perder sets às oitavas de final. A número 12 do mundo e sexta cabeça de chave do torneio marcou uma tranquila vitória sobre a norte-americana Jessica Pegula, 63ª do ranking, por 6/4 e 6/3 em 1h23 de partida.

Aos 30 anos, Kvitova faz sua 13ª participação no US Open. Seus melhores resultados foram as quartas de final nos anos de 2015 e 2017. Na temporada passada, a canhota tcheca caiu ainda na segunda rodada do Grand Slam norte-americano.

Kvitova enfrenta nas oitavas a norte-americana Shelby Rogers, 93ª do ranking, que venceu a compatriota Madison Brengle por 6/2 e 6/4. O único duelo anterior foi vencido por Rogers, no saibro de Roland Garros em 2016. A norte-americana de 27 anos vem de um bom resultado em Lexington, onde venceu Serena Williams e foi semifinalista.

No jogo desta sexta-feira, Kvitova liderou com folga a estatística de winners. Ela disparou 26 bolas vencedoras contra apenas nove de Pegula. Até por ser mais agressiva, a tcheca também cometeu 28 erros não-forçados diante de 16 de sua adversária.

Embora tenha sido a primeira a salvar break points, Kvitova conseguiu manter o saque e quebrou para fazer 5/3. A tcheca perdeu a chance de sacar para fechar, em um game muito ruim, com erros e duplas-faltas, mas Pegula retribuiu a gentileza no game seguinte, perdendo o set também em uma dupla-falta.

Pegula conseguiu uma quebra na abertura da parcial seguinte e ganhou confiança, mas Kvitova continuava muito agressiva do fundo de quadra e eficiente nas subidas à rede. Em 18 tentativas no jogo, a tcheca fez 16 pontos. Pressionando constantemente o serviço da rival, não demorou para que Kvitova buscasse o empate por 2/2. A tcheca sobreviveu, então a alguns games longos de saque antes de voltar a quebrar já no fim do jogo.

Osaka reencontra Kontaveit em NY
O complemento da rodada desta sexta-feira também definiu a próxima adversária de Naomi Osaka. A campeã de 2018 e número 9 do mundo enfrentará a estoniana Anett Kontaveit, 21ª do ranking, que venceu a polonesa Magda Linette por 6/3 e 6/2 em apenas 1h10 de partida.

Osaka venceu todos os quatro duelos que fez contra Kontaveit. O encontro mais recente aconteceu na semana passada, pelo WTA Premier de Cincinnati, disputado no mesmo complexo Billie Jean King. Na ocasião, a japonesa precisou lutar por três sets e vencer de virada.

Comentários