Notícias | Dia a dia | US Open
Paire diz que fez novo teste e resultado foi negativo
03/09/2020 às 18h51

Nova York (EUA) - Depois de testar positivo para a Covid-19 no sábado passado e ficar fora do US Open, Benoit Paire disse que seu exame mais recente deu negativo. O francês participou de uma transmissão ao vivo em seu perfil no Instagram, enquanto segue confinado no quarto do hotel até pelo menos terça-feira, dia 8 de setembro.

"Tive resultado negativo há dois dias. Vou fazer outro teste para ver. Estou muito bem, não tenho sintomas, e nem nunca tive nada, está tudo bem", disse Paire, que foi o único jogador a apresentar resultado positivo para a doença até agora no torneio.

+ Mannarino conta como é viver 'na bolha da bolha'
+ US Open monitora 11 tenistas por contato com Paire

+ Paire testa positivo para Covid a um dia do US Open

"É difícil de entender. Um teste positivo, e outro negativo. Mas essa é a regra. Nós sabíamos. No momento em que alguém testasse positivo uma vez, estaria fora do torneio", acrescentou o jogador de 31 anos e 23º do ranking da ATP.

Paire está em Nova York desde o dia 18 de agosto e já havia passado por outros testes anteriormente; todos deram negativo. Depois de cumprir o isolamento, ele planeja ir direto para Roma, onde fará mais exames para descobrir se de fato contraiu o coronavírus ou se o resultado do sábado foi um falso positivo. "Cheguei aqui e me coloquei em confinamento, na bolha, como todo mundo. Não me mexi. O que aconteceu? Não sei".

+ Mladenovic dispara para todos os lados após queda
+ Paire dispara e chama de falsa a bolha de Nova York
+ Após Paire dar positivo, quatro franceses são isolados

O experiente tenista também conversou brevemente com seu compatriota Richard Gasquet durante a transmissão ao vivo e diz que espera poder pelo menos colocar uma bicicleta ergométrica em seu quarto para ficar em forma.

Um total de 10 jogadores, incluindo Gasquet e Kristina Mladenovic, tiveram contato próximo com Paire e foram colocados sob outras restrições, mas ainda assim foram autorizados a competir no Grand Slam norte-americano.

Comentários