Notícias | Dia a dia | US Open
Medvedev e Berrettini vencem sem sustos em NY
02/09/2020 às 00h36

Berrettini enfrentará o francês Ugo Humbert na segunda rodada do torneio

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Finalista do US Open no ano passado, Daniil Medvedev estreou com uma vitória muito tranquila em Nova York. Terceiro cabeça de chave do torneio e número 5 do mundo, o russo de 24 anos venceu o canhoto argentino Federico Delbonis por 6/1, 6/2 e 6/4 em apenas 1h46 de partida.

Medvedev não vai precisar defender os 1.200 pontos conquistados no ano passado. Isso porque a ATP modificou o cálculo do ranking, por conta da longa paralisação do circuito e das restrições que alguns tenistas podem enfrentar. São considerados os 18 melhores resultados no intervalo de 22 meses, entre março de 2019 e dezembro de 2020. Se o russo não fizer uma campanha melhor ou igual neste US Open, a pontuação do ano passado será mantida em seu ranking.

A vitória desta terça-feira foi a nona na temporada para Medvedev, que chegou às quartas de final no Masters 1000 de Cincinnati na semana passada. Seu próximo adversário será o australiano Christopher O'Connell, 116º do ranking, que venceu o sérvio Laslo Djere por 4/6, 6/4, 7/6 (7-2) e 6/4 em partida com 3h09 de duração.

O jogo foi muito tranquilo para Medvedev. O russo conseguiu duas quebras muito rápido no set inicial, abriu 5/0, e ainda teve chances para aplicar um 'pneu'. O segundo set foi bem parecido, visto que o número 5 do mundo também fez 4/0 logo de cara e foi pouquíssimo ameaçado. No terceiro set, o russo não enfrentou break points, cedeu só quatro pontos em seus games de saque e aproveitou uma das chances que criou ainda no início para conseguir a única quebra da parcial.

Berrettini também vence em NY
Outro jogador que foi muito bem no ano passado e estreou com vitória neste US Open é Matteo Berrettini. Número 8 do mundo e semifinalista na última edição, o italiano de 24 anos venceu o japonês Go Soeda por 7/6 (7-5), 6/1 e 6/4. Berrettini agora enfrenta o francês Ugo Humbert, que bateu o japonês Yuichi Sugita por 6/3, 6/4 e 6/3.

Comentários