Notícias | Dia a dia | US Open
Serena enfim vence em 2 sets e bate recorde em NY
01/09/2020 às 20h04

Serena é agora a jogadora com maior número de vitórias no US Open

Foto: Mike Lawrence/USTA

Nova York (EUA) - Depois de fazer cinco jogos longos, tanto no WTA de Lexington, quanto no Premier de Cincinnati, Serena Williams enfim conseguiu uma vitória mais tranquila e em sets diretos. Ela estreou no US Open levando a melhor em um duelo norte-americano contra Kristie Ahn, 96ª do ranking, por 7/5 e 6/3 em apenas 1h21 de partida nesta terça-feira.

Seis vezes campeã do US Open, Serena passa a ser a recordista de vitórias no Grand Slam nova-iorquino. A veterana de 38 anos tem agora 102 triunfos em sua vitoriosa trajetória no torneio. Com isso, ela ultrapassa a também hexacampeã Chris Evert, que tem 101 vitórias. O número de derrotas entre elas também é parecido. Serena perdeu 13 jogos e Evert perdeu 12.

Número 8 do mundo, Serena é a quarta cabeça de chave em Nova York. O torneio feminino acabou tendo muitos desfalques neste ano, como a número 1 do mundo Ashleigh Barty, a vice-líder Simona Halep e a atual campeã Bianca Andreescu. A norte-americana ainda sonha com o 24º título de Grand Slam, para igualar o recorde de conquistas de Margaret Court, maior vencedora em todos os tempos.

Serena tem 12 vitórias e quatro derrotas na atual temporada. Ela começou o ano com um título no WTA de Auckland, em sua primeira conquista desde que se tornou mãe. Mas na sequência, sofreu uma eliminação precoce na terceira rodada do Australian Open e uma dura derrota para Anastasija Sevastova na Fed Cup. A norte-americana não participou de exibições durante os cinco meses que o circuito ficou parado pela pandemia da Covid-19. Na volta, sofreu derrotas de virada em Lexington e Cincinnati. Ela não levava viradas desde 2016.

A próxima rival de Serena no US Open é a russa Margarita Gasparyan, que completou 26 anos nesta terça-feira. Ex-top 50 e atual 117ª do ranking, Gasparyan é uma das raras jogadoras com backhand de uma mão na elite do circuito feminino. A russa derrotou a porto-riquenha Monica Puig por 6/3, 6/7 (0-7) e 6/0.

Serena foi quebrada no início dos dois sets
O início de partida foi um pouco complicado para Serena, que teve o serviço quebrado logo no game de abertura. Mas não demorou para que a ex-número 1 do mundo encontrasse seu melhor ritmo de saque, tanto que ela disparou oito aces só no primeiro set e terminaria o jogo com 13 no total. Serena conseguiu devolver a quebra já no quarto game, salvou um break point quando o set estava empatado por 4/4 e conseguiu uma nova quebra para vencer o primeiro set.

O roteiro do segundo set foi parecido, já que Ahn novamente conseguiu uma quebra cedo. Serena, entretanto, já mostrava um ótimo desempenho nas devoluções. Ela tentava atacar o saque de sua adversária, posicionando-se com dois passos dentro da quadra e buscando as paralelas com o backhand. Serena chegou a vencer cinco games seguidos e venceu com tranquilidade. A ex-líder do ranking fez mais que o dobro de winners que sua adversária, terminando o jogo com 28 total contra 12 de Ahn. Ambas cometeram 24 erros não-forçados. 

Comentários