Notícias | Dia a dia
Medvedev esperava desempenho pior na sua volta
28/08/2020 às 09h32

Nova York (EUA) - Eliminado nas quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati, onde defendia o título conquistado no ano passado, o russo Daniil Medvedev não deixou o torneio totalmente descontente com o que apresentou. Ele contou ter aprovado seu desempenho na semana, apesar da derrota de virada para o espanhol Roberto Bautista, e espera agora evoluir ainda mais para o US Open.

“Foi um jogo um tanto estranho. Eu estava no controle a maioria do tempo, já que Roberto não estava jogando seu melhor tênis. Mas parece que ele mudou sua estratégia e as coisas mudaram. Apesar de a partida ter ficado mais igualada a partir do segundo set, tive minhas chances e não as aproveitei”, analisou o atual número 5 do mundo.

“De um modo geral estou muito feliz com o nível de tênis que demonstrei esta semana. Para ser sincero, pensei que a situação seria pior. Fisicamente não me sinto no meu melhor, mas isso vai evoluir aos poucos e com o tempo vou me sentir melhor nas partidas”, complementou o russo, que agora defenderá o vice-campeonato em Flushing Meadows.

Medvedev sabe que os desafios serão maiores na disputa do Grand Slam norte-americano. “No US Open tudo vai ser mais complicado, pois vamos jogar em melhor de cinco sets e teremos que tentar vencer o mais rápido possível para evitar excesso de fadiga muscular”, afirmou o tenista de 24 anos, que relativizou a pequena chance de marcar pontos nos torneios nos EUA.

“Quando saiu a notícia de como seriam distribuídos os pontos até o final da temporada, eu sabia que na temporada norte-americana não ia somar muitos pontos. Mas também não vou perdê-los. Cheguei aqui para lutar a cada jogo e chegar o mais longe possível do torneio. Hoje fiz o meu melhor para tentar a vitória, mas meu adversário foi superior”, finalizou.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp