Notícias | Dia a dia
Osaka e Azarenka avançam, Sabalenka se despede
25/08/2020 às 18h33

Osaka não disputou competições amistosas durante a paralisação do circuito

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - O retorno de Naomi Osaka ao circuito segue com resultados positivos. A japonesa, que não disputava partidas desde fevereiro, já está nas quartas de final do WTA Premier de Cincinnati. Ela venceu nesta terça-feira a jovem ucraniana de 20 anos e 25ª do ranking Dayana Yastremska por 6/3 e 6/1 em 1h19 de partida. Ela agora enfrenta a estoniana Anett Kontaveit.

Atualmente na décima posição do ranking, a japonesa de 22 anos não participou de exibições durante os cinco meses que o circuito da WTA ficou suspenso pela pandemia da Covid-19. A ex-número 1 do mundo também não atuou nos torneios de Palermo, Praga e Lexington, que marcaram a volta das competições oficiais no início de agosto.

Depois de ter disparado doze aces em sua partida de estreia, Osaka novamente sacou muito bem nesta terça-feira e venceu oito pontos diretos com o saque. Por outro lado, Yastremska cometeu seis duplas-faltas. As duas jogadoras terminaram a partida com 14 winners, mas Osaka cometeu apenas 14 erros contra 18 de sua adversária.

O último ponto do jogo foi bastante curioso, com um foot-fault de Yastremska no segundo saque com o match point contra. Como não há juízes de linha no torneio, essas marcações são feitas de maneira eletrônica. A árbitra de cadeira recebeu a informação já durante a disputa do ponto e paralisou imediatamente para anunciar "game, set e match" para Osaka.

Azarenka vence a terceira seguida
Outra ex-líder do ranking a garantir lugar nas quartas de final foi Victoria Azarenka. A experiente bielorrussa de 31 anos e 59ª do ranking venceu a francesa Alizé Cornet, 60ª colocada, por 6/4 e 7/5. De quebra, Azarenka mantém sua invencibilidade nos confrontos contra Cornet, tendo vencido todos os sete jogos que fez contra a francesa. Sua próxima rival virá do jogo entre a tunisiana Ons Jabeur e a norte-americana Christina McHale.

Azarenka é uma grata surpresa do torneio, visto que ela não vencia jogos desde o Premier de Cincinnati do ano passado e não conseguia vencer três seguidas desde a campanha até as quartas de final em Roma na última temporada. Além disso, a bielorrussa tem sido muito consistente em suas partidas, jogando bem do fundo de quadra, controlando os pontos e errando muito pouco. O desempenho contrasta com o que ela vinha apresentando nos últimos torneios e exibições que disputou.

Mas enquanto Azarenka avançou, a também bielorrussa Aryna Sabalenka foi eliminada nas oitavas. Cabeça 5 do torneio e número 11 do mundo, Sabalenka perdeu para a norte-americana Jessica Pegula, 83ª colocada por 6/2, 2/6 e 6/3. Pegula agora enfrenta a belga Elise Mertens, parceira de Sabalenka no circuito de duplas.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva