Notícias | Dia a dia
Djokovic vence 20ª seguida no ano e chega às quartas
25/08/2020 às 18h13

O número 1 do mundo venceu todas as partidas oficiais que disputou nesta temporada

Foto: Ben Solomon

Nova York (EUA) - Com a retomada do circuito profissional, Novak Djokovic dá continuidade à sua série invicta na temporada. O sérvio venceu seu 20º jogo no ano e garantiu lugar nas quartas de final do Masters 1000 de Cincinnati. O número 1 do mundo derrotou o norte-americano Tennys Sandgren, 55º colocado, por 6/2 e 6/4 em apenas 1h25 de partida.

Djokovic havia vencido os 18 primeiros jogos da temporada, e foi campeão da ATP Cup, do Australian Open e do ATP 500 de Dubai, antes de o circuito ser paralisado por cinco meses em razão da pandemia da Covid-19. O sérvio, aliás, chegou a ser infectado pela doença em junho. Seu retorno às competições oficiais aconteceu na última segunda-feira, quando ele venceu o lituano Ricardas Berankis em sets diretos.

Excepcionalmente este ano, o Masters 1000 de Cincinnati foi transferido para Nova York para reduzir os deslocamentos das tenistas e minimizar o risco de exposição ao coronavírus antes do US Open. O Grand Slam norte-americano tem início na próxima segunda-feira, no mesmo complexo. Vencedor de 17 títulos de Slam, Djokovic tenta se aproximar das 20 conquistas de Roger Federer e das 19 de Rafael Nadal, desfalques no torneio.

O próximo compromisso de Djokovic em Nova York será contra o alemão Jan-Lennard Struff, 34º do ranking e que vive a melhor fase da carreira aos 30 anos. Struff vem de vitória expressiva sobre o top 10 David Goffin por 6/4, 3/6 e 6/4. O sérvio de 33 anos venceu seus três duelos anteriores contra o rival. No mesmo lado da chave, também já estão nas quartas o russo Daniil Medvedev (atual campeão do torneio) e o espanhol Roberto Bautista Agut.

Domínio do sérvio começou logo cedo
Djokovic começou muito bem a partida, colocando todas as devoluções em quadra e forçando o norte-americano entrar nos ralis. A estratégia agressiva rendeu uma quebra logo no game de abertura. O sérvio conseguia deslocar muito melhor seu adversário, usando bem o forehand cruzado para tirar Sandgren do centro e voltaria a quebrar o serviço do norte-americano no sétimo game para fazer 5/2. O set foi finalizado no game seguinte, depois que o número 1 do mundo salvou um break point pela primeira vez no jogo.

A vantagem de Djokovic ficou ainda maior no início do segundo set, com uma nova quebra de serviço. Assim, o sérvio começou a jogar cada vez mais solto em quadra e seguia dominando as ações da linha de base. Sandgren ainda teria uma grande oportunidade de devolver a quebra no oitavo game, mas Djokovic escapou de três break points e manteve o serviço. Não faltou luta ao atleta da casa, que até salvou cinco match points, mas não conseguiu mudar a dinâmica da partida e tampouco evitar a derrota.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva