Notícias | Dia a dia
Medvedev: 'Ainda tenho muitas coisas para melhorar'
25/08/2020 às 08h49

Nova York (EUA) - Em sua primeira partida desde o dia 21 de fevereiro, o russo Daniil Medvedev superou um pouco da desconfiança que poderia atrapalhar após um período tão longo de inatividade e levou a melhor na estreia no Masters 1000 de Cincinnati, iniciando a defesa do título vencendo o norte-americano Marcos Giron em sets diretos.

“Saquei bem e estou muito feliz em ter vencido, principalmente contra um oponente que já havia disputado três partidas. Não joguei muito bem da linha de base, mas consegui duas quebras. Ainda tenho muitas coisas para melhorar antes da próxima rodada”, afirmou o número 5 do mundo, que aplicou duplo 6/4 em sua estreia no torneio.

Além de se readaptar à competição, o russo de 24 anos também precisou lidar com uma temperatura bem mais alta do que vinha fazendo em Nova York e fazer ajustes. “O dia hoje estava mais quente do que os demais e isso mudou um pouco as condições da quadra”, analisou Medvedev.

Nas oitavas de final ele medirá forças com o esloveno Aljaz Bedene, atual 61 do mundo, que levou a melhor para cima do norte-americano Taylor Fritz. Será a primeira vez que os dois se enfrentarão pelo circuito. Medvedev já enfrentou quatro adversários com ranking pior que o de Bedene na temporada, venceu três e perdeu uma.

Comentários
Loja - camisetas
Tennis Camp