Notícias | Dia a dia
Serena luta por três sets e estreia com vitória em NY
24/08/2020 às 17h10

Serena precisou de quase três horas de jogo e ficou a um game da derrota

Foto: Divulgação

Nova York (EUA) - Assim como já havia acontecido nos três jogos que fez em Lexington, há duas semanas, Serena Williams voltou a encarar uma partida longa em sua estreia no Premier de Cincinnati. Terceira cabeça de chave do torneio e número 9 do mundo, Serena precisou de 2h48 para vencer a holandesa vinda do quali Arantxa Rus, 72ª colocada, por 7/6 (8-6), 3/6 e 7/6 (7-0).

Serena, de 38 anos, disputa seu segundo torneio desde a retomada do circuito. Antes disso, ela só havia atuado em três competições no ano e estava sem jogar desde fevereiro. Ela já ganhou um título em 2020, ainda em janeiro, no WTA de Auckland. Aquela foi sua primeira conquista desde o nascimento da filha, Alexis Olympia.

Excepcionalmente este ano, o Premier de Cincinnati foi transferido para Nova York. A medida visa reduzir os deslocamentos dos tenistas e minimizar o risco de transmissão do coronavírus antes do US Open. O Grand Slam nova-iorquino começa na próxima segunda-feira. Serena está em busca do 24º título de Slam.

+ Serena diz que ausências não diminuem a campeã
+ Nove das 10 atletas mais bem pagas são tenistas

A próxima adversária de Serena no torneio virá será a grega Maria Sakkari, que venceu a cazaque Yulia Putintseva por 6/4 e 7/6 (11-9). A norte-americana ainda não enfrentou Sakkari, atual 21ª do ranking aos 25 anos.

O primeiro set da partida foi muito longo e sem quebras de serviço. Serena teve um break point ainda no começo, mas não o aproveitou. No tiebreak, Rus começou melhor e chegou a liderar por 4-2, mas fez uma dupla-falta que permitiu à norte-americana igualar a disputa. A holandesa ainda teve um set point, quando vencia por 6-5, mas Serena encaixou um ótimo saque. Já em sua primeira oportunidade, a ex-número 1 conseguiu fechar o set.

O equilíbrio da parcial era evidente pelo placar e pela duração de 59 minutos. Serena, apesar de ter disparado oito aces e de não ter enfrentado break points, perdia a chance de facilitar o jogo com seu grande número de erros, foram 21 no total, contra 14 de Rus. A norte-americana liderava nos winners por 13 e 6.

Apesar de ter conseguido uma quebra no início do segundo set, Serena não sacou tão bem. Ela colocou apenas 55% de primeiros serviços em quadra e só venceu quatro dos dez pontos jogados com seu segundo saque. Rus aproveitou a chance e conseguiu duas quebras para virar o set e empatar a partida. A holandesa fez seis winners contra dez de Serena na parcial, estatística igual à de erros não-forçados no set.

Serena iniciou o terceiro set salvando três break points, mas conseguiu confirmar o serviço. Pouco depois, contou com duas duplas-faltas da rival para conseguir a quebra e liderar por 3/0. A norte-americana ainda poderia ampliar a diferença, criando novas chances de quebra quando vencia por 4/1, mas Rus conseguiu manter o game de saque.

A ex-número 1 vinha sofrendo para confirmar seus games de serviço no fim da partida. Sacando para o jogo, quando já vencia por 5/3, Serena teve o serviço quebrado. O jogo ganhou em dramaticidade nos momentos decisivos. A norte-americana ficou a dois pontos de fechar a partida no saque da adversária, mas não aproveitou. Na sequência, Rus conseguiu uma nova quebra e fez 6/5, sacando para o jogo. Serena buscou a igualdade, na terceira chance que teve, e fez um tiebreak perfeito para vencer o jogo.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva