Notícias | Dia a dia
Yastremska supera dores antes de eliminar Venus
23/08/2020 às 10h00

Yasstremska voltou às quadras no saibro de Palermo, mas não passou das quartas

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A primeira vitória da ucraniana Dayana Yastremska não foi dramática apenas no duro placar de três sets. Para confirmar a condição de cabeça 16 e tirar a veterana Venus Williams, ela precisou superar dores desde o final do primeiro set. A virada foi por 5/7, 6/2 e 7/5.

"Quando torci o tornozelo, perdi o foco. Só pensava na dor e me perguntava se iria aguentar", contou Yastremska, que pisou em falso ainda no primeiro set.

A ucraniana chegou a considerar o abandono no começo do segundo set. "Tive a intenção de desistir após perder o set, mas decidi continuar, ir até o final não importasse como. Claro que precisei lidar com a dor, mas aos poucos me tranquilizei". A batalha durou 2h36.

Tenista de 20 anos, Yastremska começou a temporada com o vice em Adelaide e com vitória sobre Sofia Kenin, que havia acabado de ganhar o Australian Open, em Doha. Foi uma das primeiras a retornar ao circuito pós-pandemia, vencendo dois jogos no saibro de Palermo há duas semanas.

Sua adversária de segunda rodada será a norte-americana Bernarda Pera, com chance de cruzar com Naomi Osaka nas oitavas, caso a quarta favorita supere Karolina Muchova na estreia.

Comentários
Loja - camisetas
Torneio Teodózio