Notícias | Dia a dia
Azarenka comemora volta às vitórias após 12 meses
23/08/2020 às 09h40

Há sete anos, Azarenka ganhou Cincinnati e foi finalista do US Open

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Coisas do destino. Nas quadras de Cincinnati, em agosto do ano passado, Victoria Azarenka obteve sua vitória mais recente, ao surpreender Belinda Bencic antes de ser eliminada pela croata Donna Vekic.

Neste sábado, Vika enfim encerrou o longo jejum e exatamente em cima de Vekic. O resultado foi um tanto inesperado, ainda mais pela facilidade com que a ex-número 1 despachou a cabeça 15 com parciais de 6/2 e 6/3. Ela não vencia uma top 30 desde Roma, em maio de 2019.

"Para ser bem honesta, estou muito feliz por ganhar uma partida depois de tanto tempo. Não tenho jogado muito nessa período, mas me livrei desse jejum com uma exibição sólida", avaliou a bielorrussa de 31 anos, que hoje ocupa o 59º posto do ranking.

"Comecei muito bem o jogo, mantive o pé no acelerador. Me movi muito bem, isso é importante, algo bem diferente do jogo contra Donna do ano passado", explicou. "A grande diferença é que me diverti em quadra, algo que não acontecia há muito tempo".

Sua próxima adversária sai do duelo entre Sloane Stephens, campeã do US Open que precisou de convite para entrar na chave, e a francesa Caroline Garcia.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva