Notícias | Dia a dia
Jovem de 22 anos é o único italiano na semi em Todi
21/08/2020 às 21h08

O jovem de 22 anos Gian Marco Moroni ainda busca o primeiro título de challenger

Foto: Divulgação

Todi (Itália) - A torcida italiana terá apenas um jogador nas semifinais do challenger de Todi, que marca a volta das competições masculinas no país. O jovem de 22 anos Gian Marco Moroni, apenas 236º do ranking, foi o único dos três anfitriões em quadra a vencer nesta sexta-feira.

Moroni, que ainda luta por seu primeiro título de challenger e já disputou duas finais, venceu o cabeça 4 alemão Cedrik-Marcel Stebe por 2/6, 7/5 e 6/3. Seu próximo adversário será o também germânico Yannick Hanfmann, sétimo favorito e 143º do ranking, que marcou um duplo 6/4 contra o cabeça 2 local Marco Cecchinato.

Outro italiano que ficou pelo caminho foi Federico Gaio, terceiro favorito, superado pelo francês Antoine Hoang por 7/5, 4/6 e 6/4. Hoang, de 24 anos e 136º do ranking, enfrenta o espanhol Bernabe Zapata Miralles, 212º colocado, que ficou em quadra por apenas 38 minutos nesta sexta-feira. O espanhol liderava o primeiro set contra o argentino Facundo Bagnis por 5/3 antes de o rival abandonar por lesão na perna.

Entre os quatro semifinalistas, apenas Hanfmann e Hoang já venceram challengers. O alemão tem cinco títulos e o francês somente um.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva