Notícias | Dia a dia
Após título, Stefani e Carter jogam Premier em NY
21/08/2020 às 15h17

Stefani e Carter podem cruzar o caminho de cabeças de chave já na segunda rodada

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Depois de voltar ao circuito da melhor maneira possível, ao conquistar o título do WTA de Lexington e alcançar o melhor ranking da carreira, Luisa Stefani vai disputar a chave de duplas do Premier de Cincinnati. Excepcionalmente este ano, o torneio foi transferido para Nova York, para a formação de uma bolha sanitária antes do US Open.

Stefani e a norte-americana Hayley Carter estreiam contra a cazaque Elena Rybakina e a alemã Laura Siegemund. Quem vencer a partida pode enfrentar a alemã Anna-Lena Friedsam e a tcheca Katerina Siniakova (cabeças 7) ou as australianas Ellen Perez e Storm Sanders. Vale destacar que Siniakova está sem sua parceira habitual, Barbora Krejcikova, que preferiu não viajar para os Estados Unidos este ano.

+ Técnico de Paes prepara Stefani: 'Vai dominar o mundo'
+ Podcast: Stefani confiante para primeiro US Open

+ Stefani faz grande jogo e vence 2º WTA nas duplas

"São duas ótimas jogadoras, mas elas são mais simplistas. Acho que nunca joguei contra nenhuma delas, nem a Hayley, mas a gente vai conversar hoje sobre o jogo. E não muda muito o que a gente tem feito. Acho que a gente está confiante no nosso trabalho", disse Luisa Stefani.

"As condições aqui em Nova York são bem diferentes de Lexington, a quadra é um pouco mais rápida e não quica tanto. Então a gente treinou bem nos últimos dias e vamos ver se a gente consegue usar o nosso jogo de duplas para incomodar as adversárias", acrescentou a jovem jogadora.

Favoritas no mesmo setor da chave
O quadrante de Stefani em Nova York ainda tem as cabeças 3 Kveta Peschke e Demi Schuurs, além de uma forte parceria entre a canadense Gabriela Dabrowski e a norte-americana Alison Riske. Elas também estão no mesmo lado da chave da belga Elise Mertens e da bielorrussa Aryna Sabalenka, principais cabeças de chave e atuais campeãs do US Open.

Brasileira mais bem colocada no ranking de especialistas em duplas na WTA, Stefani aparece no 39º lugar. Além do título recente em Lexington, ela também foi campeã em Tashkent no ano passado, ao lado e Carter. Este ano, a parceria também venceu um torneio da série 125k em Newport Beach. A paulista de 23 anos tem 12 vitórias e seis derrotas em 2020.

Veja como ficou a chave de duplas do Premier em Nova York.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva