Notícias | Dia a dia
Wawrinka sai atrás e depois vira com direito a 'pneu'
20/08/2020 às 12h58

Praga (República Tcheca) - A campanha do suíço Stan Wawrinka no challenger de Praga vai seguindo com vitórias conquistadas em partidas com altos e baixos. Nesta quinta-feira, ele se garantiu nas semifinais do torneio novamente vencendo de virada, desta vez a vítima foi o indiano Sumit Nagal, sexto favorito, que caiu com parciais de 2/6, 6/0 e 6/1, em 1h19 de duelo.

O próximo obstáculo no caminho de Stan será o convidado da casa Michael Vrbensky, que levou a melhor sobre o sueco Elias Ymer em três sets, com o placar final de 6/2, 3/6 e 6/4. O tcheco de 20 anos ocupa apenas o 405º lugar na ATP e será o oponente de mais baixo ranking que o suíço enfrentará desde 2011 quando encarou o então 626 do mundo Rohan Boppana.

Assim como na rodada anterior, o cabeça de chave número 1 saiu atrás e perdeu o primeiro set, no qual levou quebra já no game inicial e depois no sétimo. Wawrinka não se abateu com o placar adverso e foi buscar a virada, que acabou vindo com parciais arrasadoras na sequência do jogo.

No segundo set o suíço perdeu apenas seis pontos e anotou um ‘pneu’ para cima de Nagal, com três quebras consecutivas. Wawrinka manteve o embalo na terceira parcial e chegou a uma sequência de 11 games, abrindo 5/0 na reta final. Depois de muito tempo, o rival indiano voltou a confirmar o serviço no sexto game, mas o suíço selou sua virada logo em seguida.

Do outro lado da chave, o francês Pierre-Hugues Herbert fez valer a condição de terceiro favorito e bateu o holandês Tallon Griekspoor com parciais de 7/5, 5/7 e 6/3. Na semi, ele terá pela frente o russo Aslan Karatsev, que deixou pelo caminho o suíço Henri Laaksonen, cabeça de chave 7, com o placar final de 7/6 (7-3) e 6/4.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva