Notícias | Dia a dia
McEnroe não acredita em surpresas no US Open
19/08/2020 às 16h58

Nova York (EUA) - Mesmo com um destacável número de ausências no US Open, a principal delas a do espanhol Rafael Nadal, atual campeão do torneio, o norte-americano Patrick McEnroe não acredita que possamos ver uma surpresa como campeão da chave masculina. Ele aponta o sérvio Novak Djokovic como principal candidato e vê outros nomes correndo por fora.

“As pessoas dizem: ‘Ah, talvez alguém apareça e ganhe o US Open’. Talvez esse alguém possa ser um (Dominic) Thiem ou um (Stefanos) Tsitsipas, um nome que já está lá, mas não vejo ninguém saindo do nada. Isso simplesmente não acontece, não vejo isso como uma possibilidade real”, disse McEnroe em entrevista ao site da ATP.

O norte-americano defende o grande favoritismo do atual número 1, mas ressalta que não dá para cravar que ele será o campeão. “Isso não quer dizer que Djokovic vai ganhar com certeza. Você certamente pode argumentar que ele pode ser o favorito, mas eu não vejo ninguém saindo do nada e ganhando o US Open”, acrescentou.

A falta de ritmo por causa da longa paralisação é um fator que McEnroe considera, mas lembrando que todos estarão na mesma situação. “É preciso perceber que os outros jogadores estão na mesma condição. Uma coisa é quando você está fora por cinco meses devido a uma lesão e volta e os outros ainda estão em atividade, isso sim é uma situação difícil”, disse.

“Mas neste caso é mais uma questão de colocar suas próprias expectativas de lado e focar em jogar bem o suficiente para tentar vencer o cara que está na sua frente”, finalizou o norte-americano ex-número 1 do mundo nas duplas e campeão de Roland Garros em 1989 ao lado do compatriota Jim Grabb.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva