Notícias | Dia a dia
Lesão no tornozelo faz Muguruza desistir de Premier
17/08/2020 às 16h19

Muguruza fazia um bom início de temporada antes da paralisação do circuito

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A volta de Garbiñe Muguruza às quadras terá que ser mais uma vez adiada. A espanhola, que pretendia retornar ao circuito em Lexington na semana passada, não disputará o Premier de Cincinnati -que foi excepcionalmente transferido para Nova York este ano- e agora corre contra o tempo para jogar o US Open. O motivo da desistência é uma lesão no tornozelo direito.

"Seguindo a recomendação de minha equipe médica, eu decidi desistir do Premier de Cincinnati por um desconforto no meu tornozelo esquerdo. Espero continuar melhorando para ter a oportunidade de jogar o US Open", escreveu Muguruza em seu perfil no Twitter nesta segunda-feira. Ela tenta se recuperar a tempo para o Grand Slam americano, que começa dentro de duas semanas.

+ 'Será muito difícil competir sem fãs', diz Muguruza
+ Muguruza: 'Quero jogar todos os torneios possíveis'
+ Muguruza e Konta também são esperadas em Lexington

"Eu quero muito voltar ao circuito e fazer isso em Nova York. Sei que a WTA e a USTA estão fazendo um grande esforço para que nós possamos jogar de novo e eu vou trabalhar duro para estar lá daqui alguns dias", acrescentou a ex-número 1 do mundo, que ocupa atualmente o 16º lugar do ranking aos 26 anos.

Muguruza fazia um bom início de temporada antes da paralisação do circuito pela pandemia da Covid-19. A espanhola chegou pelo menos às quartas nos cinco torneios que disputou, com evidente destaque para a campanha no Australian Open, onde foi vice-campeã, superada apenas por Sofia Kenin na final. Ela não atua desde fevereiro, quando disputou o Premier de Doha. Em julho, anunciou pelas redes sociais que voltará a treinar com Conchita Martínez, que a levou ao título de Wimbledon em 2017. 

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva