Notícias | Dia a dia
Djokovic segue para NY com Ivanisevic e sem Vajda
16/08/2020 às 12h28

Sérvio teve a companhia do técnico Goran Ivanisevic, além do fisioterapeuta Ulises Badio e do Edoardo Artaldi

Foto: Reprodução/Instagram

Monte Carlo (Mônaco) - O número 1 do mundo Novak Djokovic embarcou no último sábado para os Estados Unidos e definiu a equipe que irá acompanhá-lo nas disputas do Masters 1000 de Cincinnati e também no US Open. Excepcionalmente este ano, por conta da pandemia da Covid-19, os dois torneios acontecerão em Nova York.

Djokovic viajou acompanhado de um seus técnicos, o croata Goran Ivanisevic, além de seu fisioterapeuta pessoal Ulises Badio e de seu empresário, o italiano Edoardo Artaldi. O também treinador Marjan Vajda não embarcou junto com a comitiva do sérvio. Tanto Djokovic quanto Ivanisevic estão recuperados da Covid-19.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Goran Ivanisevic (@goranivanisevicofficial) em

O Masters 1000 preparatório para o US Open tem início no dia 22 de agosto. Já o Grand Slam nova-iorquino começa no dia 31. Djokovic tenta conquistar seu 18º Slam e ficar mais próximo das marcas de Roger Federer e Rafael Nadal, que não disputarão o torneio este ano. O suíço tem 20 conquistas em Grand Slam e o espanhol venceu 19 troféus.

Apenas quatro pessoas na equipe
A organização do US Open divulgou recentemente as regras de segurança para a realização dos dois eventos em Nova York. O protocolo médico do torneio já começará a ser aplicado nos hotéis. Cada jogador terá dois quartos à disposição e cada um deles abriga no máximo duas pessoas. As despesas de um quarto são pagas pela USTA, enquanto os custos do segundo quarto são de responsabilidade do tenista.

Os jogadores também têm a opção de alugar uma casa no entorno da sede da competição. A única restrição é que o imóvel não pode ser em Manhattan. O custo do aluguel de casas é estimado em US$ 40 mil e fica a cargo dos tenistas interessados. A USTA apenas dará a assistência necessária para quem optar por esse tipo de hospedagem. O polêmico ponto que limitava a equipe do tenista a apenas uma pessoa não consta no documento.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva