Notícias | Dia a dia
Del Potro vai à França e consulta médico de Federer
15/08/2020 às 08h14

Paris (França) - Ainda em busca de uma recuperação para sua grave lesão no joelho direito, Juan Martin del Potro voltou à Europa para buscar um tratamento eficaz. Ele está em contato com o médico suíço Roland Biedert, especialista em cirurgia ortopédica e traumatologia, e que já tratou dos casos de Roger Federer e Stan Wawrinka. A informação é do jornalista argentino Marcelo Longobardi, da Radio Mitre.

Os problemas no joelho de Del Potro começaram em outubro de 2018, quando ele sofreu uma queda em quadra na partida contra Borna Coric em Xangai e acabou fraturando a rótula. Ele disputou apenas doze partidas em 2019 antes de fazer uma cirurgia em junho. Ele voltaria a operar o joelho no início deste ano. Nesse período ele já consultou Ángel Ruiz Cotorro, médico de Rafael Nadal, e depois visitou Lee Kaplan, especialista em Miami.

+ Del Potro retorna aos treinamentos em quadra
+ Médico de Federer pode ser a saída para Del Potro
+ Del Potro: 'Quero tentar encerrar carreira como mereço'

Campeão do US Open em 2009 e ex-número 3 do mundo, Del Potro está com 31 anos e atualmente ocupa o 128º lugar do ranking. Ele voltou aos treinamentos em quadra no final de julho, depois que o governo argentino concedeu uma autorização especial para que os atletas olímpicos do país pudessem retomar a rotina de treinamento em quadra respeitando os protocolos de segurança. Em recente entrevista para a ESPN argentina, Del Potro comentou que poderia voltar a jogar mesmo com dor.

Federer e Wawrinka já tiveram problemas no joelho
Os dois jogadores suíços já sofreram com graves lesões nos joelhos. Federer operou o joelho esquerdo em 2016 e conseguiu voltar ao circuito em altíssimo nível, ganhando mais três Grand Slam e retornando à liderança do ranking. Já em 2020, o suíço precisou operar o joelho direito. Foram duas cirurgias, a primeira em fevereiro e a segunda em junho. Já Wawrinka passou por duas cirurgias no joelho esquerdo em agosto de 2017 e só voltaria ao circuito no ano seguinte.

Uma reportagem do jornal La Nación lembra que Biedert também tratou de um problema que Federer teve nas costas durante a campanha para o título da Copa Davis em 2014. Na ocasião, o suíço havia se machucado durante o ATP Finals, uma semana antes da decisão da Davis, mas conseguiu voltar à quadra para atuar nos três dias de confronto contra a França em Nice.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG