Notícias | Dia a dia
De volta após seis meses, Serena vence de virada
11/08/2020 às 14h34

Embed from Getty Images

Lexington (EUA) - A primeira partida de Serena Williams em seis meses foi bastante complicada, mas terminou com final feliz para a ex-líder do ranking. A veterana de 38 anos atual número 9 do mundo estreou no WTA de Lexington vencendo um duelo norte-americano contra a canhota Bernarda Pera, 60ª colocada, por 4/6, 6/4 e 6/1 em 2h16 de disputa.

Serena não jogava desde fevereiro, quando atuou pelo confronto entre Estados Unidos e Letônia pela Fed Cup, com uma vitória e uma derrota naquele fim de semana. Ela começou o ano com um título em Auckland, em sua primeira conquista desde o nascimento da filha Alexis Olympia, em 2017. Depois disso, foi precocemente eliminada na terceira rodada do Australian Open.

A próxima adversária de Serena em Lexington certamente será outra ex-número 1 do mundo, já que ela enfrenta a vencedora do duelo entre Venus Williams e Victoria Azarenka. Ela lidera o retrospecto contra a irmã, Venus, por 18 a 12, e venceu 18 dos 22 jogos que fez contra Azarenka no circuito profissional.

O torneio em Lexington não vende ingressos para o público, mas Serena teve a torcida do marido e da filha, que acompanharam o jogo na companhia do técnico Patrick Mouratoglou. Um recente protocolo, adotado também no WTA de Palermo na semana passada, permite que jogadoras que já são mães possam levar os filhos e um responsável para o torneio.

Serena teve dificuldades para sacar no começo
O início de partida foi muito parecido com outras apresentações de Serena em fases iniciais de torneios. Irregular nos games de serviço, a ex-número 1 sofreu uma quebra logo cedo. Além disso, algumas bolas da vencedora de 23 Grand Slam saíam do controle nas trocas de fundo. O primeiro aspecto de seu jogo a ser eficiente foi a devolução de saque e a ajudou a ter três break points, mas Pera conseguiu manter a vantagem até o fim do set.

Serena começou o segundo set com ainda mais dificuldades no saque, escapando de quatro break points em seus dois primeiros games de serviço. A ex-líder do ranking foi a primeira a quebrar e liderou por 3/1, mas permitiu rapidamente o empate. Com apenas 53% de primeiros serviços em quadra na parcial, Serena continuava sendo constantemente ameaçada.

A canhota Pera fazia um jogo muito consistente do fundo de quadra, tentando mexer bastante a ex-número 1 e sustentar as trocas de bola. A estratégia rendeu mais break points para a 60ª do ranking. Durante a parcial, Pera teve dez chances de quebra, quatro delas quando o placar estava empatado por 4/4. Depois de sair de uma situação delicada na partida, Serena conseguiu uma nova quebra para fechar o set e empatar o jogo.

O terceiro set foi muito mais tranquilo para Serena. Apesar de fazer apenas dois aces e colocar 60% de primeiros serviços em quadra, a veterana norte-americana não teve o serviço quebrado e escapou dos dois break points que enfrentou. Além disso, aproveitou as duas chances de quebra que teve e dominou a parcial para consolidar a virada.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva