Notícias | Dia a dia
Konta afirma ter enfrentado palpitações cardíacas
11/08/2020 às 09h25

Embed from Getty Images

Lexington (EUA) - A estreia da britânica Johanna Konta no WTA de Lexington não foi nada como ela esperava. Além da derrota em sets diretos frente à tcheca Marie Bouzkova, a cabeça de chave número 3 do torneio ainda teve que superar um susto médico, sentindo-se tonta depois de sofrer de palpitações cardíacas.

Ela precisou de atenção médica desde já no início, mas após consulta pôde continuar em quadra. “Senti como se tivesse palpitações no início da partida. É a quarta vez que isso acontece comigo e a segunda nos últimos três meses. A frequência cardíaca dispara sem motivo. Fiz muitas análises e já me disseram que não é grave”, contou a britânica após a derrota por duplo 6/4 na última segunda-feira. 

“Minha frequência cardíaca dispara sem motivo e sinto que não estava puxando ar suficiente em meus pulmões. Demorou um pouco para acalmar, mas depois consegui me concentrar no tênis. Não sabemos por que isso acontece, porque tenho esse problema em situações estressantes e em situações sem estresse. Nós simplesmente não sabemos. Tem sido esporádico”, acrescentou Konta.

+ Sabalenka avança em três sets, Konta é eliminada
+ Konta muda rotina e pega carro para fugir da Covid

Atual 15 do mundo, a britânica pretende fazer novos exames depois para tentar resolver o problema de uma vez por todas. “Vou fazer outro eletrocardiograma e ver quais protocolos podemos tomar. Provavelmente não vai acontecer novamente por mais um ano ou algo assim. Não estou muito preocupada”, finalizou a tenista de 29 anos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva