Notícias | Dia a dia
Djokovic lembra choro em 1º torneio quando criança
07/08/2020 às 09h40

Marbella (Espanha) - Em um podcast com o canadense Vasek Pospsil, o sérvio Novak Djokovic relembrou seus primeiros passos no tênis competitivo, quando ainda tinha oito anos, e revelou ser um chorão na época. Ele também fez questão de destacar a importância da figura da mãe, que sempre o apoiou durante toda a carreira.

“Eu me lembro do primeiro torneio oficial que disputei. Tinha oito anos e ganhei meu jogo no desempate por 10-8. Fiquei muito feliz, mas cansado. Então minha mãe me abraçou e naquele momento comecei a chorar”, contou o atual número 1 do mundo, que logo em seguida acabou se despedindo da competição.

O próximo confronto de Djokovic foi contra um rival que não apenas se tornou seu amigo, mas também virou um colega de circuito. “No dia seguinte, perdi para o Viktor Troicki por 9-0 e chorei novamente. Chorei muito quando criança”, disse o sérvio de 33 anos, que encarou o compatriota 14 vezes em duelos pela ATP, com 13 vitórias e apenas uma derrota.

A importância da mãe também foi um assunto abordado por ‘Nole’, enfatizando o apoio que Dijana Djokovic lhe deu desde pequeno. “A primeira pessoa que liguei depois de ganhar minha primeira grande vitória foi minha mãe. Ela está sempre nos bons e maus momentos”, encerrou o atual líder do ranking da ATP e dono de 17 títulos de Grand Slam.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva