Notícias | Dia a dia
'Será muito difícil competir sem fãs', diz Muguruza
05/08/2020 às 09h59

Madri (Espanha) - A ausência de torcida no US Open e em vários torneios nesta volta do circuito é algo que muitos jogadores lamentam, mas aos poucos vão interiorizando que não há muito o que se possa fazer. A espanhola Garbiñe Muguruza foi mais uma das que falou que sentirá falta de disputar partidas com público.

“Será muito difícil competir sem fãs, que são parte de mim, o que me motiva a sair para competir. No entanto, é claro que todos temos que nos adaptar às circunstâncias e teremos que ser humildes e fazer o que for preciso para tudo voltar aos trilhos”, disse a espanhola em um vídeo feito por uma de suas patrocinadoras.

“Adoro a multidão nas arquibancadas, é o que me deixa com borboletas no estômago. Sair para quadra e ver milhares de pessoas que vieram especificamente para me ver jogar é algo que eu simplesmente adoro”, complementou Muguruza.

Outro ponto que a espanhola lamentou foi a ausência de Wimbledon, que por enquanto é o único Grand Slam que não será disputado em 2020, cancelado pela primeira vez desde a II Guerra Mundial. “Fiquei muito triste quando Wimbledon foi cancelado este ano”, falou a atual 16 do mundo.

“É um torneio muito importante para mim: fiz lá minha primeira final de Grand Slam e dois anos depois levantei o troféu. É muito chocante sentir que todos teremos que esperar um pouco mais para jogar novamente”, encerrou a espanhola de 26 anos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva