Notícias | Dia a dia
Direção anuncia cancelamento do torneio de Madri
04/08/2020 às 13h10

Madri (Espanha) - Conforme o esperado, a organização do torneio de Madri anunciou nesta terça-feira o cancelamento oficial da edição de 2020 por causa do coronavírus. A competição já havia sido adiada de maio para setembro por causa da pandemia e agora não será sequer disputada neste ano.

"Fizermos tudo que foi possível para realizar o torneio. Depois do primeiro cancelamento, em maio, trabalhamos duro para que a Caixa Mágica pudesse recebê-lo em setembro. Entretanto, a instabilidade continua grande e não poderemos realizá-lo com segurança", afirmou o diretor Feliciano López.

+ Kitzbuhel deve ocupar lugar de Madri no calendário
+ Sem Madri, Nadal não pode somar pontos no saibro

+ Masters de Madri pode sofrer novo cancelamento

O crescimento dos casos de coronavírus na cidade de Madri fez com que as autoridades de saúde tomassem medidas para controlar sua propagação, reduzindo o número de pessoas em reuniões privadas, o que atrapalharia a organização do evento.

A ATP e a WTA lamentaram o cancelamento, mas reforçaram o respeito que têm pelas autoridades locais, reconhecendo todos os esforços feitos pelos organizadores para que o torneio pudesse ser disputado em 2020.

"Estamos desapontados que o torneio de Madri não poderá acontecer nesta temporada. As circunstâncias preocupantes da Covid-19 continuam a preocupar e seguimos as orientações das autoridades locais. Quero agradecer os esforços da organização, que tentaram de tudo para realizar o evento, incluindo a mudança de data de maio para setembro", disse o presidente da ATP Andrea Gaudenzi.

"Estamos desapontados porque o Aberto de Madri não será realizado este ano, mas reconhecemos a dedicação de Feliciano e de toda a equipe que trabalhou incansavelmente para considerar todas as alternativas possíveis de manter o torneio", diz Steve Simon, CEO da WTA. "Sabemos como este evento combinado de homens e mulheres é amado pelos fãs, mas continuamos vigilantes para garantir que a saúde e a segurança continuem sendo nossa principal prioridade para todos".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva