Notícias | Dia a dia
Ministro aposta em cancelamento iminente de Madri
03/08/2020 às 09h23

Madri (Espanha) - Para o vice-ministro de Saúde Pública da Comunidade de Madri, o cancelamento do torneio local é uma coisa iminente e deverá ser oficializado em questão de dias. Em entrevista ao programa EL Larguero da Cadena SER, Antonio Zapatero deu sua opinião sobre a realização da competição e se mostrou bastante pessimista.

Neste momento, acho que não haverá o torneio de Madri. Tenho um bom relacionamento com Feliciano López (diretor do torneio) por causa de minha conexão com o mundo do tênis (é vice-presidente da Federação de Tênis de Madri) e, no final de junho, ele nos pediu uma entrevista no Ministério para nos dizer que planejavam celebrar o evento na semana de 12 a 20 de setembro”, começou Zapatero.

+ Masters de Madri pode sofrer novo cancelamento
+ Dono do torneio, Tiriac diz que dará última palavra

“Achamos que eram excelentes notícias e eles nos apresentaram como era seu projeto de segurança e medidas sanitárias. Só que 15 dias atrás, Feliciano me disse que tiveram uma reunião com o CSD, onde foram desencorajados e levados em conta a situação que, se um jogador, trabalhador ou espectador tivesse problemas, o torneio e Madri poderia ser prejudicado”, acrescentou.

O vice-ministro de Saúde Pública madrilenha contou que isso levantou dúvidas na organização do torneio e que dificilmente poderia ser realizado. "A reunião com o CSD não foi muito favorável, pois nas últimas duas semanas tivemos um aumento nos casos de coronavírus em Madri. Portanto, quando eles vieram ao meu consultório, me disseram que não iriam adiante com a causa”, finalizou Zapatero.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva