Notícias | Dia a dia
Muguruza: 'Serena é a melhor jogadora da história'
02/08/2020 às 15h50

Madri (Espanha) - Dona de dois títulos de Grand Slam, a espanhola Garbiñe Muguruza por pouco não ampliou sua coleção neste ano, ficando com o vice no Australian Open, com uma derrota de virada na final diante da norte-americana Sofia Kenin. Em entrevista para o jornal colombiano El Tiempo, ela colocou esta derrota como uma das mais duras da carreira e destacou a figura de Serena Williams.

“As derrotas mais difíceis são aquelas que ocorrem nos Grand Slam. A maturidade, no entanto, também me ajudou a aproveitá-las. Neste ano, na Austrália, entendi que era um momento especial. Minha rival merecia mais do que eu ganhar e, apesar de tudo, pude aproveitar o momento de chegar à final de um Grand Slam”, contou a espanhola, que também colocou sua outra derrota em final de Slam.

“Eu também destacaria uma derrota contra Serena em Wimbledon”, complementou a espanhola, superada pela norte-americana na decisão de 2015 na grama do All England Club. No ano seguinte as duas voltaram a se encontrar em uma final de primeira linha e desta vez foi Muguruza que levou a melhor e levantou seu primeiro Grand Slam.

“As lembranças da minha final contra Serena em Roland Garros são realmente especiais. É um torneio de grande importância na Espanha, pois é jogado no saibro, a superfície em que cresci. Sempre sonhei em jogar esse torneio. Foi muito especial conquistar meu primeiro Slam lá e mesmo enfrentando Serena e meus nervos, consegui levar a melhor naquele dia”, rememorou.

Muguruza fez questão de enaltecer a figura de Serena. “Temos um relacionamento muito competitivo. No meu ponto de vista, ela é a melhor jogadora da história e uma das melhores rivais que alguém pode ter. Alguém como ela faz você precisar jogar seu melhor tênis para vencê-la. Não é fácil enfrentá-la porque é uma lenda”, encerrou a espanhola.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva