Notícias | Dia a dia
Murray: 'É tolice esperar que todos sigam as regras'
01/08/2020 às 17h22

Londres (Inglaterra) - As incertezas sobre os protocolos de segurança na volta do circuito masculino, marcada para acontecer a partir do dia 22 de agosto, com a disputa do Masters 1000 de Cincinnati, ainda são assunto entre os tenistas. Para o britânico Andy Murray a única certeza é que alguém irá desrespeitar as normas em algum momento.

“Acho que a maioria dos jogadores respeitará a bolha, mas seria tolice esperar que ninguém vá quebrar as regras e os protocolos. Na NBA, que acho que tem planos semelhantes aos nossos, os jogadores quebraram, então devemos nos preparar para isso”, disse Murray para a imprensa britânica nesta semana.

Justamente por apostar na quebra das normas é que o ex-número 1 do mundo defende que sejam tomadas atitudes firmes contra quem desrespeitá-las. “Espero que haja punições exemplares. As repercussões podem ser bem sérias, porque você acaba colocando em risco toda a turnê e o evento”, afirmou o escocês.

O regulamento da ATP afirma que qualquer quebra repetitiva ou flagrante das medidas adotadas por causa da Covid-19 pode ser considerada uma violação do código de conduta e assim resultaria em uma multa de até US$ 20 mil.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva